O técnico Matheus Lima comemorou o anúncio feito pela Federação Paraense de Futebol (FPF), confirmando o retorno do Campeonato Paraense 2021 para a primeira semana de abril. Com isso, o Tapajós FC enfrenta o Castanhal EC, na terça-feira (6), às 10h (horário de Brasília). Assim, acontece no estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, em Belém, pela 4ª rodada da fase inicial.

Sendo assim, para o treinador, esse é o momento de o Tapajós FC iniciar uma arrancada na competição. Dessa forma, o comandante afirma:

“O retorno do campeonato foi definido e a nova tabela divulgada, com isso estamos na expectativa da volta aos trabalhos em campo. A nossa perspectiva é boa, pois precisamos da primeira vitória na competição e temos que aproveitar o fato de jogar com o mando de campo, num gramado que estamos acostumados e adaptados”, comentou.

Matheus Lima
Matheus Lima fala sobre como quer Tapajós em campo (Foto: Tapajós FC)

Matheus Lima vê foco do Tapajós no crescimento

Além disso, Matheus Lima falou sobre como quer a equipe para a partida diante do Castanhal EC:

“O objetivo é fazer uma grande partida diante do Castanhal EC para sairmos com o resultado positivo e buscarmos crescimento na classificação geral. Nesse momento temos que focar nesse objetivo e mentalizar, já que temos que encarar cada jogo daqui para frente como uma final de campeonato”, complementou Lima.

Sendo assim, o Tapajós FC volta aos treinamentos nesta segunda-feira (29). Dessa forma, em Santa Izabel do Pará, o time está seguindo todos os protocolos exigidos pelos órgãos de saúde.

Além disso, depois de enfrentar o Castanhal EC, os dois próximos jogos do Tapajós FC acontecem contra:

  • 11 de abril (domingo) – 16h (horário de Brasília) – SC Itupiranga x Tapajós FC – Estádio Zinho de Oliveira, em Marabá
  • 17 de abril (sábado) – 10h (horário de Brasília) – Tapajós FC x Paysandu SC – Estádio Luiz Omar Pinheiro em Belém

Foto destaque: Divulgação/Tapajós FC

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.