Um dos integrantes do elenco vencedor da Copa Verde, o lateral-esquerdo Marlon falou em entrevista sobre sua alegria em ajudar o Remo na conquista inédita. Ao passo que o atleta também reconheceu que a temporada não correspondeu as expectativas, mas que o momento é de erguer a cabeça e lutar pelos objetivos.

“Foi um título muito importante para o clube, único título que o Remo ainda não tinha, então fiquei muito feliz em conseguir ajudar nesta conquista. A temporada não foi como esperávamos, mas são coisas do futebol e às vezes servem de lição para você aprender e não errar mais. Agora é hora de levantar a cabeça e tomar as adversidades como um grande aprendizado profissional, acima de tudo, mas pessoal também. O futebol tem dessas coisas.”.

Questionado sobre a permanência no Leão, Marlon foi sincero ao demonstrar interesse. No entanto, esclareceu que ainda não houve conversas com o presidente a respeito. Contudo, ressaltou que nunca escondeu o desejo em ficar e o seu foco no clube.

“Então ainda não tive nenhuma conversa com o presidente, mas pelo pouco que conversei, muitos querem que eu continue. Então, estou aguardando o contato do clube para que possamos ver o que é melhor para o Remo nesta situação. Quero continuar no clube, nunca escondi isso de ninguém e o Remo também deu sinais de que se interessa no meu futebol para temporada que vem. Por isso, mantenho meu foco mesmo nas férias e quero ser cada vez mais importante para este clube que sempre me acolheu”.

Foto: Samara Miranda ASCOM Remo

Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.