Mariano fala sobre passagem de Ganso no Sevilla

Revelado pelo Santos, Paulo Henrique Ganso teve muitas expectativas criadas sobre si. Porém, o jogador acabou decepcionando grande parte de seus torcedores. Um dos principais motivos é a de que o atleta acabou não vingando na Europa, principalmente, durante a sua passagem pelo Sevilla – que foi considerado como um grande fiasco -. Quem explica os motivos é Mariano, que atuou pelo clube espanhol.

VEJA MAIS:

Atlético de Madrid quer Bernardeschi, e Juventus se interessa por Saúl

Deyverson diz querer ficar no Getafe, mas não descarta retorno ao Palmeiras

Newcastle pensa em Nabil Fekir para começar a montar supertime

Mariano, colega de Ganso no Sevilla, deu sua opinião sobre o assunto. Vale lembrar que o meia chegou ao Sevilla como uma grande contratação e a pedido do técnico na época, Jorge Sampaoli. Dessa maneira, à ‘ESPN', o jogador opinou e disse acreditar que a intensidade da equipe espanhola acabou prejudicando o desempenho de Ganso na Europa.

“Desde o Unai Emery era um time muito intenso, e com o Sampaoli isso subiu ainda mais. Ganso veio com grande expectativa, até porque o Sampaoli tinha pedido ele, mas sabemos que estilo dele é mais cadenciado, então para mim foi aí que perdeu espaço. Sabemos a qualidade dele, mas infelizmente não deu certo. Os outros clubes do Brasil também jogavam para o Ganso, e no Sevilla não era assim”, disse Mariano.

Em sua primeira temporada no clube espanhol, Paulo Henrique Ganso disputou apenas 16 jogos. Na segunda, quando Sampaoli não estava mais nos comandos técnicos do Sevilla, foram outros 11 jogos. Ao todo, marcou sete gols. Ganso não conseguiu convencer o clube de que merecia um espaço maior. Ele ainda foi emprestado ao Amiens, da França. Contudo, lá também não brilhou.

Mariano conta também que ele mesmo sofreu com a adaptação. O zagueiro afirma que a intensidade lá é grande. “Pensei que estava indo para um futebol cadenciado, mas não, o Sevilla sempre foi muito intenso. Eu como lateral era obrigado a correr no mínimo 11km por jogo. Era cobrado isso”, revelou.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

Lauren Berger
Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados