Marcos Paulo assina pré-contrato com Atlético de Madrid

Fim da novela Marcos Paulo. Segundo o portal “Marca“, da Espanha, o jogador de 19 anos assinou um pré-contrato com o Atlético de Madrid. Ainda de acordo com a reportagem, o atacante só vestirá a camisa do clube espanhol em junho e seu vínculo vai ser por cinco temporadas. Com isso, o atleta deixará o Tricolor das Laranjeiras de graça no meio do ano.

O estafe do jogador, Lucas Mineiro, estava na Espanha nos últimos dias acertando a transferência. O empresário de Marcos Paulo queria um acordo imediato. Dessa forma, o Fluminense ganharia um valor pela negociação. Mas só teve acordo se o jogador aceitasse ir para o clube no meio do ano. Por outro lado, o atleta de 19 anos também recebeu sondagem de times da França, Rússia e da Itália.

Primeiramente o Parma, da Itália, chegou oferecer € 1 milhão (cerca de R$ 6,4 milhões) e 15% sobre o lucro de uma futura venda para ter o jogador ainda nesta janela de transferência. Entretanto, Marcos Paulo acabou recusando alegando que o time está na zona de rebaixamento do Campeonato Italiano. Logo na última semana, o jogador já passou a seguir o Atlético de Madri nas redes sociais. Além disso, alguns jogadores também. Entre eles: o uruguaio Suárez e os brasileiros Felipe e Renan Lodi.

FALA MÁRIO

O presidente do clube deu uma entrevista exclusiva hoje (28) para o canal SporTV. Assim, Mário voltou a falar que fez uma proposta ao Marcos Paulo em dezembro, mas o jogador preferiu esperar para pode dar a resposta. Outro ponto que o mandatário do clube carioca fez, foi sobre as leis que envolve uma transferência entre os jogadores e um determinado clube estrangeiro. Por fim, ele questionou que até o momento não está ciente dos termos que foram fechados entre o atleta e o Atlético de Madrid.

— Na janela de outubro, fizemos uma nova proposta ao jogador. Por mais que façamos proposta, jamais chegaremos perto dos clubes europeus. Tivemos uma conversa aqui na minha casa, com atleta, família e representantes. E ele falou que não tinha interesse em esperar a Europa. Ele assinou pré-contrato com o Atlético de Madrid, mas ainda tem contrato com o Fluminense. Olha como é cruel. Ainda não temos ciência dos termos. O que estamos tentando acertar. Ir diretamente para lá agora em janeiro. Para recebermos algum valor ou manter algum percentual para vendas futuras.

A princípio, o Fluminense queria vender o atacante por, no mínimo, 10 milhões de euros, cerca de cerca de R$ 65,5 milhões. Mas por conta da pandemia, os valores do mercado tiveram alterações. Marcos Paulo tem vínculo com o Tricolor até junho deste ano. O presidente Mário Bittencourt ainda não sabe se o atleta vai fazer parte do elenco profissional até o final do contrato. Ao que tudo indica, ele pode ser afastado e treinará separado.

No ano passado, a diretoria do Flu recusou uma proposta da Roma. Agora, o clube poderá receber no máximo € 500 mil, pouco mais de R$ 3 milhões, se for concretizado a transferência. Este valor trata-se de “training compensation“, traduzindo para o português fica “compensação por treinamento”.

Foto Destaque: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C

Gabriel Gonçalves
Formado em jornalismo, escolhi esse caminho pois gosto de contar histórias para as pessoas. Apaixonado por esportes, agradeço ao meu avô por ter colocado o futebol na minha vida.

Artigos Relacionados