Marcello Lippi no Guangzhou Evergrande: seis títulos em três anos

- O técnico italiano chegou ao clube chinês em 2012
marcello lippi

Após fazer sucesso na Itália com 13 títulos pela Juventus em oito temporadas e uma Copa do Mundo pela Itália em 2006, Marcello Lippi seguiu para China em 2012. Assim, em maio daquele ano começava uma história vencedora para o Guangzhou Evergrande. Então vamos escalar a Muralha e ficar por dentro dos feitos do técnico italiano pelo clube chinês.

Trajetória do Marcello Lippi

Com muita expectativa entre os torcedores, Marcello Lippi chegou ao Guangzhou e já tinha a qualidade do meia Darío Conca, ex-Fluminense. O argentino foi contratado pelo clube Chinês em julho de 2011 por 19 milhões de reais junto ao tricolor das laranjeiras. Assim, a equipe chinesa estava pronta para a temporada de 2012.

Então, na primeira temporada no futebol chinês, Marcello Lippi conquistou a Superliga Chinesa, Copa da China Supercopa da China e chegou as quartas de finais da AFC Champions. Os principais destaques da equipe foram Muriqui com 12 gols e cinco assistências em 31 jogos e Conca com 10 gols e 11 assistências em 36 jogos. Outro conhecido do futebol brasileiro no elenco era Lucas Barrios, que jogou 16 jogos e marcou sete gols pela equipe chinesa.

2013

Para temporada de 2013, a equipe treinada por Marcello Lippi manteve seus destaques, Conca e Muriqui e contratou o Elkeson por 5,7 milhões de euros junto ao Botafogo. Contudo, acabou conquistando a Superliga da China e a Liga dos Campeões Asiática entretanto foi vice da Copa da China, perdendo na final Beijing Renhe por 3 x 2.

Na Champions foi líder do grupo F com 11 pontos. Ainda tinha Jeonbuk Motors da Coréia do Sul, que foi o segundo, Urawa Reds do Japão e Muangthong United da Tailândia. Nas oitavas, passou do Central Coast da Austrália em um agregado de 5 x 1  a favor. Nas quartas, passou do Al-Duhail do Catar com 6 x 1 no agregado. Chegou a semi-finais como favorito e passou do Kashiwa Reysol do Japão com um agregado de 8 x 1. Na final, contra FC Seoul da Coréia do Sul empatou fora de casa em 2 x 2 e em casa empatou em 1 x 1. Assim, conquistou o título continental pela primeira vez e vaga no mundial de clubes.

No mundial de Clubes, passou das quartas de finais do Al-Ahly do Egito ganhando por 2 x 0. Na semi-finais, perdeu de 3 x 0 pelo atual campeão da Liga dos Campeões da Europa, Bayern de Munique. Frank Ribéry, Mario Mandzukic Mario Gotze marcaram para equipe alemã que terminou Campeão do Mundial Interclubes daquele ano.

Os destaques da equipe naquele ano foram o atacante Elkeson com 32 gols e 11 assistências em 39 partidas, Muriqui com 24 gols e 11 assistências em 46 jogos, Darío Conca com 28 gols e nove assistências em 48 partidas pelo Guangzhou Evergrande em 2013. Lucas Barrios, por sua vez, sofreu com lesões naquela temporada e fez somente 15 jogos e marcou seis gols.

2014

Para temporada de 2014, o Conca acertou seu retorno ao Fluminense e Lucas Barrios foi vendido por três milhões de euros ao Spartak Moscou da Rússia. Contudo, a diretoria do clube chinês contratou o italiano Alessandro Diamanti do Bologna da Itália por 7,5 milhões de euros e o brasileiro Renê Junior do Tombense de Minas Gerais por seis milhões de euros. Assim, a equipe estava pronta para temporada de 2014.

Com um time mais fraco em comparação aos outros anos, o Guangzhou Evergrande decepcionou na Copa da China e caiu nas oitavas de finais para o Henan Jianye. Também perdeu a Supertaça da China para o Beijing Renhe por 1 x 0. Na liga dos campeões, foi eliminado para o WS Wanderers da Austrália, que foi o Campeão daquela edição. Perdeu de 1 x 0 em fora de casa e ganhou por 2 x 1 na China e consequentemente perdeu pelo gol fora.  Apesar de tudo, conseguiu o tricampeonato da Superliga Chinesa.

Os principais destaques daquela temporada foi o Elkeson com 35 gols e cinco assistências em 42 jogos, o Chinês Gao Lin com 11 gols e 11 assistências em 45 jogos e Alessandro Diamanti com oito gols e nove assistências em 35 jogos. O brasileiro Renê Junior, que foi contratado naquela temporada, disputou 26 jogos, marcou oito gols e deu quatro assistências.

No final de 2014, Marcello Lippi anunciou que tinha se aposentado como treinador técnico e virou diretor técnico da equipe chinesa. Ao todo, ele comandou o Guangzhou Evergrande em 126 partidas, com 82 vitórias, 23 empates e 21 derrotas, com 65% de aproveitamento e seis títulos. Contudo 281 gols marcados e 121 sofridos.

Foto destaque: Divulgação / Twitter / @TheAFCCL.

BetWarrior


Poliesportiva


Kaliel Serafin
Kaliel Serafin
Kaliel, 19 anos, estudante de jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi.

Artigos Relacionados

Topo