Maradona

Na noite da última quinta-feira (26), começou a produção de uma homenagem do Santos a Diego Maradona no CT Rei Pelé. No entanto, no dia seguinte, o rosto do ídolo argentino foi vandalizado com tinta. Ainda não se sabe quem foi o autor. Nem o Santos Futebol Clube e nem o artista se manifestaram pelo ocorrido.

ARTISTA 

Primeiramente, a arte ainda não estava terminada e passaria por retoques finais nesta sexta-feira (28). O autor das pinturas é o artista Paulo Consentino. A homenagem é temporária e deve ficar no muro por cerca de 30 dias. Além disso, o artista pediu ao clube e teve autorização para pintar o rosto do craque.

MARADONA NO SANTOS

Antes de mais nada, o campeão mundial em 1986 pela Seleção da Argentina quase vestiu a lendária camisa do Santos FC. Já quando estava para se aposentar, no ano de 1995, com o aval do próprio Rei, o Peixe tentou contratar o maior astro do futebol argentino. Com isso, mesmo com seus 34 anos, Diego se animou com a possibilidade, especialmente pelo fato de a articulação contar com ajuda da Pelé Sports & Marketing. 

No entanto, o custo elevado desta transação impossibilitou a contratação, que certamente abalaria o futebol mundial. Maradona voltaria a visitar o Templo Sagrado em 1998, mas a união sagrada entre El Pibe de Oro e a maior camisa 10 da história do futebol ficaria só na imaginação.

VANDALISMO

Na manhã desta sexta-feira (27), funcionários do clube já trabalham para cobrir o estrago realizado pelos vândalos.

Foto destaque: Divulgação

Alef Sousa
Sempre fui apaixonado por esportes, especialmente futebol. E vi através do jornalismo uma oportunidade de estar trabalhando com a minha Paixão. Estou no 3º Semestre da faculdade de Jornalismo. Meu grande Objetivo é torna-me repórter de campo e cobrir grandes competições. Sou um cara, extrovertido, animado, comunicativo e cheio de vontade de aprender.

Artigos Relacionados