Mano Menezes é o novo técnico do Internacional

O novo comandante chegou! Na noite da última terça-feira (19), o Internacional anunciou a contratação de Mano Menezes. O técnico e sua curta comissão técnica, composta apenas pelo auxiliar Sidnei Lobo, assinam até o final deste ano. Além disso, desembarcam no Beira-Rio, quatro dias após o anúncio da demissão do treinador uruguaio Alexander Medina.

A saber, aos 59 anos, Mano Menezes retorna ao Colorado, onde comandou a equipe juvenil entre 2000 e 2002. Somado a isso, com mais de 20 anos de carreira, o técnico passou pelos principais centros do futebol brasileiro, onde somou 11 conquistas. Ainda mais, esteve a frente da Seleção Brasileira durante dois anos. Nesse hiato, conquistou dois títulos do Superclássicos das Américas e a medalha de prata nas Olímpiadas de Londres.

Portanto, Mano chega no Inter com o objetivo de salvar uma temporada aparentemente perdida. Visto que, além da eliminação precoce na Copa do Brasil. O Colorado também perdeu o estadual e vai enfrentando sérios problemas contra equipes modestas na Copa Sul-Americana. Inclusive, enquanto comandado por Alexander Medina, somou apenas dois empates no torneio continental. Ou seja, com dois pontos, ocupa a 3ª posição do Grupo E.

ÚLTIMOS TRABALHOS DE MANO MENEZES

Al-Nassr 

De antemão, o trabalho mais recente no treinador foi a frente do Al-Nassr, equipe da Arábia Saudita. Assim, durante o tempo em que comandou o clube, disputou 16 partidas. Desse modo, conquistou nove vitórias, quatro empates e três derrotas. Em outras palavras, foi demitido com 64.58% de aproveitamento.

Bahia

Antes disso, Mano Menezes esteve a frente da casamata do Tricolor de Aço por 24 jogos, onde conquistou apenas oito vitórias. Ademais, também ocorreram dois empates e expressivas 14 derrotas. Assim, deixou a equipe na 16ª posição do Brasileirão, com 36.11% de aproveitamento.

Palmeiras

A saber, em 2019, o treinador substituiu Felipão no comando técnico do Palmeiras. Nesse sentido, dirigiu a equipe em 20 confrontos, com um retrospecto de 11 vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Deixou o verdão com 63.33% de aproveitamento e foi último técnico, não interino, a comandar o Verdão antes da era vitoriosa do português Abel Ferreira.

COLETIVA DE APRESENTAÇÃO DO TREINADOR

Acima de tudo, Mano Menezes foi apresentado no final da manhã desta quarta-feira (20), na sala de imprensa do Beira-Rio. Assim, confira os principais tópicos da coletiva do novo técnico do Colorado.

  • Alessandro Barcellos 

“Hoje, a gente consolida a formatação profissional daqueles que conduzirão o Departamento de Futebol do Inter. Apresentamos o Paulo Autuori como Diretor Técnico, responsável por todo o departamento junto com o William, que assume, também, nessa transversalidade.”

“E, agora, o responsável por nossa equipe, de orientação e modelo de jogo, é o Mano Menezes, que hoje completa esse trio. Mano é um treinador que todos conhecem. Sua história, sua trajetória, começou no Rio Grande do Sul e percorreu Brasil e mundo.”

  •  Emílio Papaléo Zin 

“Devo dizer, Mano, da alegria de te ter de volta no Beira-Rio. Tens uma carreira vitoriosa e, mais do que qualquer outro atributo, a plena consciência e conhecimento da nossa cultura e do que representa o Internacional. Com a tua chegada, fechando essa equipe técnica junto de Autuori e William Thomas, sei que tu vais nos ajudar, contribuindo para que o Internacional retome sua senda de vitórias. Seja bem-vindo!”

  • Mano Menezes

“Primeiro, quero falar ao torcedor colorado da minha felicidade de estar aqui nesse momento. Voltar ao Clube que fez uma importante parte na minha formação como técnico de futebol. Acredito que tudo na vida tem sua hora. Se estou aqui, é porque tenho conhecimento e bagagem para o Internacional, e também penso que o Internacional é o Clube certo para me ajudar. Quando isso existe, as coisas tendem a andar bem.”

“Penso sempre o futebol, primeiro, na parte tática. Uma equipe organizada taticamente recupera muitas coisas, e quando as coisas precisam ser recuperadas, simplificar é o caminho inicial. Procuro montar minhas equipes com linha de quatro defensiva. Hoje, a maioria das equipes, quando inicia a construção da jogada, inicia com uma linha de três, e uma linha de três não significa três zagueiros. Minha ideia é essa saída de três, com dois zagueiros e um lateral.”

“Paulo Autuori faz parte da minha vida como treinador. Eu estava ainda no Guarani de Venâncio Aires quando tive a honra de dirigir um centroavante chamado Caio Júnior, e ele me proporcionou a aproximação com o Paulo. A partir daí, nunca nos desligamos, mesmo estando longe e nunca tendo trabalhado juntos.”

“Pra mim, é uma honra trabalhar com um profissional como ele, que julgo como dos mais competentes em termos de conhecimento para realizar o trabalho que se propõe. Juntamente com todos, acho que o Internacional inaugura, no Clube, a forma adequada de conduzir um Departamento de Futebol.”

Por fim, Mano Menezes estreia no comando do Inter no próximo sábado (23), contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. Dessa maneira, a bola rola às 19h (horário de Brasília), no Maracanã, pela 3ª rodada do Brasileirão 2022.

Foto destaque: Divulgação/Ricardo Duarte/S.C. Internacional

Leonardo Oliveira
Sou Gaúcho, tenho 21 anos e estudo Jornalismo na Universidade Federal de Pelotas, além disso, como grande aficionado a área esportiva, não consigo imaginar nada que me deixe mais realizado do que falar sobre futebol.