Emprestado pelo Manchester United ao West HamJesse Lingard vem recuperando seu bom futebol na equipe londrina. Assim, com o desempenho recente, o meia voltou ter seu nome na lista de convocados para a seleção inglesa. Dessa forma, o atleta tem encantado a diretoria dos Hammers que deve fazer de tudo para manter o jogador em seu elenco. Sabendo disso, os Red Devils já definiram que não desejam receber menos que 30 milhões de libras pelo repasse.

De acordo com o jornal inglês “Mirror”, o negócio é visto como vantajoso para as duas partes. Isso porque o atleta tem se saído bem nos Hammers, enquanto o Manchester United pode acumular caixa para investir em novos reforços para a temporada seguinte.

Em 11 jogos realizados com a camisa do West HamLingard soma seis gols e quatro assistências. Desse modo, tem contribuído para que o time siga firme na luta por uma vaga na próxima edição da Champions League. Atualmente, os Hammers ocupam o 4° lugar na tabela da Premier League.

Lingard no Manchester United

Criado nas categorias de base dos Red DevilsLingard só passou a fazer parte do plantel principal do clube em 2015. Antes disso, atuando pelos juniores, chegou a ser emprestado para times como Leicester, Birmingham e Brighton, que o utilizaram já em nível profissional.

Em 2015, já profissionalizado pelo Manchester United, o meia foi cedido ao Derby County. Entretanto, em seu retorno três meses depois para os Diabos Vermelhos passou a fazer parte do plantel principal em definitivo. Dessa forma, jogou 210 partidas com a camisa do clube, marcou 33 gols e deu 20 assistências.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe uma resposta