Javier Reina

No fim da tarde desta quinta-feira (13), o Operário-PR anunciou o seu pré-contrato com o meia-atacante colombiano Javier Reina. Em suma, se sabe que o atleta estava no Independiente Medellín, da Colômbia. Contudo, a partir de agora, caminha para finalizar o vínculo com o Fantasma.

JAVIER REINA NO FANTASMA

Como informado, nesta quinta-feira (13), o Fantasma anunciou em suas redes sociais oficiais o pré-contrato com o atleta Javier Reina. A saber, o meia-atacante, de 33 anos, começou a sua carreira no América de Cali, em 2008. De lá para cá, soma passagens pelos clubes: Millionarios e Deportivo Pasto, da Colômbia. Ainda mais, Seongnam, da Coréia do Sul, Olimpo, da Argentina, e Colo-Colo, do Chile. E claro, fechando os times internacionais, o mais recente foi o Independiente Medellín. Em suma, na temporada passada, realizou 28 jogos pelo DIM. Ou seja, foram 18 como titular. Além disso, carimbou três gols.

Todavia, Javier já é figurinha nos clubes brasileiros. Afinal, acumula participações nos elencos: Cruzeiro Vitória. Ainda mais, Ceará e Ipatinga.

A partir de agora, Javier deve passar por exames médicos e, em seguida, assinar em definitivo o seu contrato com o Operário. Dessa forma, o atleta se tornará o oitavo reforço do grupo alvinegro para a temporada 2022.

Em suma, o meia-atacante colombiano disputará vaga com Thomaz e Felipe Garcia. Ainda mais, com Jean Carlo, Matheus Alemão e o mais novo contratado, Giovanni Pavani.

FICHA TÉCNICA

Nome: Javier Arley Reina Calvo

Nascimento: 04/01/1989

Idade: 33 anos

Cidade: Calí / Colômbia

Altura: 1,76

Peso: 75kg

PRÉ-TEMPORADA OPERÁRIO

Por fim, a equipe da vila se organiza para a sua estreia no Campeonato Paranaense. Em suma, o confronto acontecerá no dia 23 de janeiro, às 19h (horário de Brasília). A saber, contra o União. Ainda mais, durante o ano o Fantasma terá Copa do Brasil e a Série B do Brasileirão.

Foto Destaque: Divulgação/Operário Ferroviário Futebol Clube

Amanda Scarlatt
Amo poder ter o jornalismo como a minha maneira de expressão. Sou apaixonada pelo meio digital e tudo que podemos construir nele na comunicação. Acredito fielmente na essência de uma boa matéria jornalística: a investigação. Afinal, independente da sua editoria e formato, o jornalismo pode mudar vidas. Enfim, VIVA O JORNALISMO!

Deixe um comentário