Ao que tudo indicada, Messi deixará o Barcelona, após diversos problemas internos com a diretoria do clube. Além da goleada por 8 x 2 para o Bayern de Munique, que escancarou tudo. Portanto, o craque argentino teria informado os catalães, de forma oficial, que deseja ativar uma cláusula, prevista em um possível rescisão, para deixar o Barça de graça.

Sendo assim, com a confirmação da saída de Messi do Barcelona, a possível dupla ao lado de Cristiano Ronaldo está mais perto do que nunca. Recentemente, o brasileiro Rivaldo havia comentado sobre a possível dupla forma pelos dois maiores jogadores do século 21.

“Seria histórico vê-los jogar juntos e tenho certeza de que muitos patrocinadores da Juventus ficariam felizes em dar uma mão do ponto de vista financeiro. Além disso, também seria uma possibilidade para Messi. Ver os dois melhores jogadores do mundo nos últimos dez anos, juntos no mesmo clube, seria ótimo”, afirmou Rivaldo.

https://www.facebook.com/103412784694514/posts/124015672634225/?vh=e

No entanto, o Barcelona não concorda com a cláusula de rescisão solicitada por Messi, uma vez que a mesma se expirou em 10 de junho, dez dias após a data original da final da Liga dos Campeões em 30 de maio. Mas, devido ao adiamento dos compromissos, por conta do coronavírus, a temporada 2019/20 veio a ser finalizada somente em agosto. Em contrapartida, os advogados de Messi argumentam que a cláusula permanece ativa por este mesmo motivo.

MESSI E CRISTIANO RONALDO JUNTOS NA JUVENTUS?

Sendo assim, com a possibilidade de poder contratar Lionel Messi de ‘graça', qualquer clube, com boas condições financeiras e com um projeto interessante, pode conquistar o interesse do craque argentino. Será que a Juventus teria condições de bancar os dois maiores jogadores dos últimos 10 anos?

A Velha Senhora seria, disparadamente, a equipe mais forte para enfim conquistar a Champions League. Uma vez que teria dos dois maiores goleadores da competição. Além de ficar marcada com a maior dupla de ataque da história do futebol mundial.

Seria um sonho realizado. Um sonho que neste momento não é nenhum absurdo de se imaginar. Afinal, Puyol, Suárez e até mesmo o presidente da Catalunha prestaram apoio a Messi, por tal decisão. Ou seja, não é achismo, e sim um fato. Este que foi antecipado pelo jornalista Marcelo Bechler em 16 de agosto, nove dias atrás. O mesmo que cravou a saída de Neymar para o PSG em 2017.

Nos últimos dias a Juventus rescindiu com Matuidi, que foi para o Inter Miami, da MLS. Ao que tudo indicada, Khedira terá o mesmo destino. Nesta terça-feira (25), Pirlo, novo técnico da Juventus, afirmou que Higuaín deixará o clube, enquanto Pjanic já está rumo ao Barça. Cuadrado e Douglas Costas poderiam ser, eventualmente, dois jogadores negociáveis, fazendo com que diminuíssem os gastos da Velha Senhora, para fazer história com Cristiano Ronaldo e Messi juntos.

Vamos aguardar os próximos capítulos. Até porque, obviamente, o próprio Barcelona pode vence-lo em permanecer. Enquanto outros clubes como Paris Saint-Germain, Manchester City, entre outros, estarão aguardando a situação do craque argentino.

Foto destaque: B/R Football

Thiago Lopes
Thiago Lopes
Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

Artigos Relacionados