Iniesta e Xavi, os maiores espanh´ois dos últimos tempos

A Espanha foi uma das grandes escolas do futebol do Século XXI. A La Furia, como é conhecida, venceu duas Euros consecutivas (2008 e 2012), além da Copa do Mundo disputada na África do Sul em 2010. Esses títulos só vieram pois grandes nomes levaram o selecionado nacional às glórias. A partir de agora citaremos os maiores espanhóis que atuaram de 2000 até hoje.

Maiores nomes que atuaram no Real Madrid

A equipe espanhola mais bem sucedida do século não poderia ficar de fora. Eles fizeram história ao ganhar quatro de cinco edições de Champions League desde 2014 e tiveram  grandes nomes do futebol espanhol. Alguns deles são.

Sergio Ramos

Um defensor polêmico mas que é considerado por muitos um dos melhores da história em sua posição. Ramos ficou conhecido por defender com muita raça e orgulho tanto as cores do Real quanto as da seleção,  atualmente é capitão de ambas as equipes. Sua sala de troféus é lotada, mas os títulos que se destacam são as quatro conquistas de Champions League, a Copa do mundo e as Euros de 2008 e 2012.

Iker Casillas 

Indiscutivelmente um dos melhores goleiros do século, Casillas foi primordial tanto para os Merengues quanto para a La Fúria. O arqueiro é dono de grandes atuações e conquistou títulos de Champions League no início dos anos 2000 e na temporada 2013-14, algo que demonstra a longevidade do atleta. Infelizmente, o jogador teve de se aposentar devido a um infarto que ele sofreu à pouco mais de um ano durante um treino com o time do Porto.

Raúl González

Certamente está na lista, já que foi um dos atacantes mais letais dos anos 2000, Raúl foi muito importante para tirar a equipe da capital de um dos momentos mais obscuros de sua história. Toda esta importância se dá pois o jogador foi peça chave na conquista de três Champions, tendo marcado em duas finais. Além disso, foi o atleta que mais vestiu o uniforme dos Blancos (737 vezes).

Maiores jogadores que atuaram pelo Barcelona 

O time que quando comandado pelo treinador Pep Guardiola revolucionou o futebol mundial também teve grandes jogadores. A importância deles para a história do futebol da Espanha é imensurável e ademais, também foi de grande valia para a série de títulos Blaugranas no século.

Xavi

Você, caro leitor, consegue imaginar o meio-campo daquele Barça, que já é clássico, sem este maestro? Pois é, eu também não! Xavi é considerado por muitos o melhor jogador espanhol de todos os tempos, ele era uma das cabeças pensantes tanto da equipe catalã quanto da seleção. Dentre os principais títulos do meia estão os títulos da geração espanhola além de quatro Champions League.

Iniesta

A outra cabeça pensante desse histórico meio de campo, Andrés Iniesta fez seu nome com um estilo de passes precisos, habilidade e muita visão de jogo. O gol mais marcante dele foi na prorrogação da final do mundial em 2010, contra a seleção holandesa, tento este que deu a primeira e única estrela à Espanha.

Carles Puyol 

O jogador que foi por anos o capitão do Barcelona, fez sua carreira sendo um pilar defensivo para os catalães e para a defesa da seleção. Em termos do selecionado, entretanto, seu momento mais importante foi no ataque. Foi dele o gol que deu a vitória em cima da Alemanha na semifinal em 2010. Um zagueiro de muita força física, imposição; mas sem perder a técnica.

Maiores jogadores que atuaram por outros clubes 

Todavia, não é só de Barcelona e Real Madrid que vivem o futebol espanhol. Grandes nomes desse período se destacaram através de outros clubes de dentro e de fora do território espanhol, e eles também merecem um espaço. 

Fernando Torres

“El niño” como ficou conhecido foi um dos atacantes de maior destaque do final dos anos 2000 e início dos 2010. Mesmo tendo iniciado sua carreira no Atlético de Madrid, as lembranças mais fortes do atleta são de seu auge no Liverpool e no Chelsea. Fernando Torres se notabilizou por ser decisivo também com a camisa da seleção, fazendo gols e dando assistências em jogos importantes. Além disso, estava no elenco dos Blues que venceu a Champions League na temporada 2011-12.

Xabi Alonso 

Este volante é mais um da geração de meias históricos que o país da península ibérica nos proporcionou nos últimos anos. Iniciou sua trajetória no Real Sociedad, mas logo na temporada 2004-05 foi para o Liverpool, onde se destacou. Ele estava no elenco que ganhou a Champions League daquela temporada e que foi derrotada pelo São Paulo no mundial de clubes no fim de 2005. Em 2009 foi para o Real Madrid, onde ficou até 2014, ano em que foi defender as cores do Bayern de Munique na Alemanha. Já pela seleção, ele atuou também por muito tempo, ganhando tanto os dois títulos europeus quanto o título mundial.

Em suma, esses foram apenas alguns, dos muitos grandes jogadores espanhóis  que encantaram o mundo passando pelos gramados em toda a Europa, destilando assim o que há de melhor na escola espanhola de futebol. Garra e força sem perder a técnica e o refino.

Foto Destaque: Reprodução/El Desmarque

Lucas Stank
Nascido em Florianópolis, Estudo Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina. Sempre gostei de futebol, inclusive dizem que minha palavra dita foi gol

Artigos Relacionados