Luiz Henrique se emociona em despedida do Maracanã

A vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro, por 2 x 1, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil também marcou a despedida de Luiz Henrique do Maracanã. Visto que o atacante foi negociado com o Betis, da Espanha. Assim sendo, após o apito final, o Moleque de Xerém se emocionou ao lembrar do apoio que sempre teve de jovens que atuaram com ele na base, como André, Martinelli e Calegari.

O que mais faz ficar emocionado assim é que eu tenho muito amigo aqui, os moleques de Xerém, tenho que agradecer muito a eles mesmo. Sempre estiveram do meu lado. Nunca foram traíras comigo. Sei que tem muita gente ruim nessa vida, mas esses garotos que vieram de baixo comigo, sempre me ajudaram muito. Nos momentos difíceis, nos felizes, por isso estou chorando aqui. Me ajudaram muito no profissional. Essa despedida vai doer muito, por isso estou chorando” disse Luiz Henrique.

Homenagem da torcida após o final da partida

Além disso, Luiz Henrique também foi bastante ovacionado pela torcida, que esteve em peso no Maracanã. Segundo o atacante, ter seu nome gritado no estádio sempre foi um sonho.

Era tudo que eu esperava na minha vida. Torcida toda no Maracanã, sempre sonhei com isso. Ainda mais com a vitória, com a torcida gritando meu nome, foi minha última emoção aqui no Maracanã. Só tenho que agradecer a eles. Fizeram tudo por mim, desde meu primeiro dia aqui. Ainda mais nesse último jogo. Só agradecer a eles por essa vitória linda também”.

Último compromisso de Luiz Henrique no Fluminense antes do “até logo”

Antes de se despedir do Fluminense, Luiz Henrique enfrenta o Botafogo, no próximo domingo (26), no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Apesar de a negociação com o clube espanhol ter sido concluída em março, o atacante afirmou que ainda não caiu a ficha.

Ainda não caiu a ficha, eu não sei nem o que falar. Estou segurando muito a minha emoção. Um garoto tão novo como eu, ganhando o mundo, saindo com 21 anos de idade, tenho que botar a cabeça no lugar. Dei minha vida até aqui, e darei até quando me aposentar”.

Por fim, Luiz Henrique afirmou que é só um “até logo”:

Eu sei que um dia vou voltar para o Fluminense. Desde os 11 anos eles abriram a porta para mim. Foi o primeiro clube da minha carreira, o time de coração do meu pai. Só tenho que agradecer a essa torcida maravilhosa” encerrou Luiz Henrique.

Foto destaque: Marcelo Gonçalves / Fluminense FC

Jéssica Albuquerque
Formada em Letras, pela UFRJ, e em Jornalismo, pela FACHA. Amo ler, escrever e futebol. No jornalismo esportivo pude unir os três.

Deixe um comentário