Luis Mejía não é mais goleiro do Nacional: “Estou saindo de uma forma que não queria mesmo”

Luis Mejía não é mais o goleiro do Nacional, do Uruguai. A saber, o arqueiro de 29 anos anunciou seu desligamento do Bolso na última quarta-feira (23) em sua conta no Twitter. Segundo o site Ovacion, o princpal motivo da saída foi por não ter gostado de perder a titularidade para o companheiro de equipe, Sergio Rochet, especialmente nesse 2º semestre de 2020.

Assim sendo, na carta divulgada, o goleiro agradeceu toda a experiência que vivenciou com todo o staff no clube durante os últimos cinco anos, o descrevendo como “uma família”. Para mais, lamentou a maneira como se despediu. Por fim, como opção para o gol, o Nacional tem os atletas Ignário Suares, Guilherme Centurión, além de Sergio.

LUIS MEJÍA

“Estou deixando o campeão uruguaio, sou invicto nos clássicos oficiais. Vou de um jeito que não queria mesmo, mas chegou a hora de traçar outro caminho. Obrigado a todos os companheiros destes cinco anos. Obrigado aos técnicos, aos médicos, cinesiologistas, fisioterapeutas, cozinheiros, porteiros, a todas as pessoas ligadas ao clube que de uma forma ou de outra me fizeram sentir desde o primeiro momento parte desta família.”

 

O jogador também fez uma menção especial ao treinador ao ex-futebolista Leo Romay, com quem trabalhou desde quando chegou na equipe. Dessa forma, o descreveu como um “grande treinador, uma grande pessoa que o ajudou a evoluir profissionalmente e pessoalmente”.

O QUE ACONTECEU?

A polêmica aconteceu pouco antes do início da fase do Intermedio Uruguaio no mês de outubro. Desse jeito, o Panamá convocou Luis Mejía para defender a sua seleção. Assim o atelta passou um período fora mais uma semana cumprindo quarentena.

Assim, o técnico Jorge Giordan escalou o reserva Sergio Rochet como titular nesse período. E o arqueiro foi um dos destaques na vitória contra o Fenix pela 1ª rodada do torneio. Além disso, atuou bem contra o Alianza Lima, pelo último dia da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

À vista disso, Jorge escalou novamente Sergio para o jogo contra o Deportivo Maldonado. Entretanto, Luiz Mejía, que já havia retornado, não gostou da decisão. Assim, ficou aborrecido e, segundo o jornalista Martín Charquero, não aceitou ser suplente no jogo.

Foto Destaque: Reprodução/ Leonardo Mainé

Shelton
Estudante Jornalismo em Alagoas.

Artigos Relacionados