Luis Fabiano sobre fim da carreira: "ainda sonho com gol no Morumbi"

Luis Fabiano ainda não está oficialmente aposentado, mas seu último jogo como profissional aconteceu no dia 5 de novembro de 2017. Na ocasião, ele vestiu a camisa do Vasco. Na sequência o jogador se afastou dos gramados para tratar problemas no joelho. Contudo, em uma entrevista recente ao programa Bola da Vez da ESPN Brasil, o Fabuloso afirmou ter superado as lesões que o distanciaram do futebol. De acordo com ele, no início da temporada chegou a ensaiar um retornar, porém a pandemia atrapalhou seus planos. Além disso, mesmo se dizendo satisfeito com a carreira, o atleta voltou a declarar seu amor pelo  São Paulo, e expôs novamente seu desejo de encerrar carreira no clube paulista.

Atualmente com 39 anos, Luis sempre dá um jeito de evidenciar sua identificação com o clube onde se tornou ídolo e entrou para história. Afinal, pertence a ele o status de maior artilheiro do século XXI  e 3º na lista de todos os tempos pelo São Paulo. Durante a entrevista, o atacante foi questionado sobre a possibilidade de desistir da carreira no período de tratamento. Sendo assim, respondeu que em muitos momentos chegou a questionar sua condição e se daria mesmo para jogar o mínimo possível. Segundo o artilheiro, não por parte dele a pretensão de estender a carreira. Assim sendo, o retorno aos gramados é somente para fazer uma despedida e finalizar a vida profissional dentro do campo.

 

Volta aos gramados

Posteriormente, o atleta comentou sobre os clubes onde pretendia viver seus últimos momentos como futebolista. Na ocasião, mencionou duas equipes que foram marcantes para ele: Ponte Preta e São Paulo. O primeiro por ser o clube de formação, que ele nutre muito carinho e respeito. Já o Tricolor é o time que possibilitou o atacante a alcançar outro patamar na carreira.

” A Ponte Preta, onde tudo começou e tenho um carinho muito grande. Depois o São Paulo, que me fez chegar no nível internacional, seleção brasileira. O carinho e a identificação que tenho são enormes. Se tivesse que escolher, seria um desses dois para fazer a despedida. Sei que não é fácil. Existem outras coisas em jogo. Não é simplesmente ir lá e falar que quero jogar. O São Paulo sabemos da pressão é, tudo que representa, não sei se seria possível. A Ponte eu já estive lá, mas não deu certo por alguns motivos e acabei saindo. Seriam esses dois times que eu gostaria , sim, de poder vestir a camisa pela última vez”, declarou o jogador

Durante a entrevista, Luis afirmou que ainda que exista o desejo de vestir outra vez a camisa da Ponte, hoje o time é uma possibilidade mais distante. Por outro, o artilheiro disse que sonha com uma despedida no Morumbi.

“O fim está próximo, bem próximo, até pela situação atual do mundo. Hoje a Ponte está mais distante. Seria um sonho vestir a camisa do São Paulo pela última vez no Morumbi. Eu até sonho fazendo um gol no Morumbi. Mas se isso não acontecer, estou satisfeito com a minha carreira. Se o fim não chegou, está chegando, e estou preparado para novos desafios”, finalizou Luis Fabiano

 

Foto Destaque: Reprodução/Miguel Schincariol/Sãopaulofc.net

Dara Oliveira
Sou Dara Oliveira, estudante de Jornalismo. Orgulhosamente do norte do Brasil. Me considero uma contadora de histórias. A paixão pelo jornalismo começou ainda na infância, na mesma época que o futebol passou a ser parte importante da minha jornada. Tudo que envolve o mundo esportivo me desperta curiosidade. Eu acredito no poder do esporte como instrumento de inclusão social.

Artigos Relacionados