Lucca está livre para ser anunciado pela Ponte Preta. (Foto destaque: Divulgacão/ Lucas Merçon / Fluminense FC)

Antecipadamente, a Ponte Preta quer tocar a sirene e o sonho em ter o atacante Lucca como o reforço para a temporada 2022, está prestes a ser realizado. Assim, o atleta acertou na tarde desta sexta-feira (14), a rescisão com o Fluminense e ficou livre para assinar com o time onde teve boa passagem em 2017.

Nesse sentido, a saída já estava encaminhada, tanto que o jogador não se reapresentou com o restante do elenco na última segunda-feira (10). No entanto, existiam pendências financeiras a serem resolvidas e as partes chegaram a um acordo, com parcelamento do que o clube deve ao atleta. Todavia, encerraram o vínculo que iria até abril – o distrato já saiu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF.

A saber, a liberação era o que faltava para o atleta ser oficializado pela Ponte. Do mesmo modo, o acordo estava costurado desde a semana passada, com contrato de dois anos. E o anúncio da contratação agora depende apenas do clube campineiro agora.

Porém, o futebolista estava nas Laranjeiras desde setembro de 2020, mas nunca conseguiu se firmar no clube. Em quase um ano e meio, disputou 54 jogos (só 22 como titular) e fez seis gols e deu três assistências.

Lucca

Contudo, aos 31 anos, houve a necessidade de um ajuste salarial entre as partes: clube e o jogador. Ainda mais, o atacante precisou aceitar uma redução considerável em relação ao que ganhava no Flu, enquanto a Ponte fez um esforço para enquadrar dentro da sua realidade financeira o que combinou de pagar ao atacante.

Por exemplo, outros clubes, como o Cuiabá, chegaram a procurar os responsáveis pela carreira do atacante, mas as conversas não avançaram. Logo, o jogador é o maior artilheiro da Ponte em uma temporada nos últimos anos.

Em 2017, quando trabalhou com o técnico Gilson Kleina, fez 24 gols pela Macaca em 61 jogos, entre Paulistão (vice-campeão), Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileirão, com média de um gol a cada 2,5 jogos. Na oportunidade, atuou com a camisa alvinegra emprestado pelo Corinthians.

Foto destaque: Divulgacão/ Lucas Merçon / Fluminense FC

Ainah Carvalho
Ahhh o jornalismo, gosto muito do contato, de escrever, falar, questionar e lembro bem que desde pequena sonhava entrevistar os jogadores após o jogo. Aí cresci e o desejo continuava. Entrei para a faculdade de jornalismo e me formei em 2015. Na época da faculdade trabalhei em rádio-escuta em uma assessoria e fui repórter em um site de máquinas. Após a formação trabalhei em uma assessoria com artistas independentes e também já cuidei das redes sociais de um hotel. Fiz bons cursos no Senac como o jornalismo esportivo, grande amor, também fiz apresentação de programas jornalísticos e programas de variedades. Mas o que eu me identifiquei foi apresentar um programa esportivo. Ahhhh esse amor rsrs

Deixe um comentário