A base tem sido um dos alicerces do Vitória para a temporada 2021. Nesse sentido, um dos atletas promovidos foi o goleiro Lucas Arcanjo. Aos 22 anos, ele participará da sua oitava partida como titular pelo Vitória. Nesta quarta-feira (31), Lucas defendeu, novamente, a meta rubro-negra no empate por 1 a 1 contra o Bahia de Feira, pelo Campeonato Baiano.

Anteriormente, no ano de 2020, o arqueiro da base do Leão da Barra chegou a manter uma sequência de jogos, , quando o goleiro Ronaldo sofreu uma contusão. Por outro lado, Lucas Arcanjo acabou perdendo espaço para Yuri, uma vez que testou positivo para o coronavírus ainda naquele ano.

No entanto, em função da indefinição na renovação do contrato com Ronaldo, e com a perda de posição de Yuri neste ano, Lucas Arcanjo agarrou mais uma oportunidade de mostrar serviço defendendo a camisa do Vitória. Para o jovem goleiro, essa oportunidade é fruto da confiança no trabalho diário.

“Venho esperando essa oportunidade há muito tempo. Venho trabalhando, o professor (Itamar) Ferreira (preparador de goleiros) muito qualificado no trabalho, me dando total confiança, me sentindo bem dentro de campo. Vamos seguir na temporada mantendo essa média”, afirmou Lucas Arcanjo.

INSPIRAÇÕES DENTRO DE CAMPO PARA LUCAS ARCANJO

Semelhantemente ao pai, Geraldo, ex-goleiro de futebol profissional, Lucas iniciou sua trajetória no futebol na base do Galícia. Em seguida, no ano de 2016, ele foi contratado pelo Vitória para o sub-19, tendo acesso ao time profissional em 2019. Dessa forma, acumula até o momento 13 jogos disputados.

“Sempre procuro fazer as mesmas coisas que ele fazia em campo. Um ídolo para mim. Me passa as coisas, sempre me ajudou bastante. Me liga antes dos jogos, depois dos jogos”, comentou o goleiro.

Para seguir buscando seus objetivos no esporte, Lucas se espelha em Dida, uma das grandes revelações do gol do Vitória. De acordo com o arqueiro de 22 anos, entrar para a história do Rubr0-Negro baiano significa, além de fixar seu nome na história do clube, manter a tradição da agremiação.

“Tenho como um dos principais revelações do clube, que é o Dida, a gente tem que manter essa tradição que sempre foi do Vitória revelar grandes jogadores. Comigo espero que não seja diferente”, finalizou. 

Agora, com a projeção de manter a regularidade, Lucas Arcanjo vai mostrar serviço no próximo domingo (4), quando o Vitória recebe o Treze (PB), no Estádio Barradão, pela Copa do Nordeste.

Foto Destaque: Divulgação/EC Vitória/Pietro Carpi

Avatar
Pedro Moraes
Falar e escrever sobre futebol é o que há! O Jornalismo Esportivo só me ajudou a ser amante deste esporte, seja ele estadual, nacional ou internacional. Copa do Mundo é vida! Libertadores é pra cardíaco!

Deixe uma resposta