Liverpool x Atlético de Madrid (Foto: Getty Images)

Uma análise dos dados do NHS descobriu que a partida das oitavas de final da Champions League do Liverpool contra o Atlético de Madri, em Anfield, levou a 41 mortes mortos devido a coronavírus. Assim, a equipe de Jurgen Klopp recebeu seus rivais espanhóis em 11 de março, diante de 52.000 torcedores. Além disso, havia 3.000 torcedores madridistas.

A partida foi o último grande jogo disputado na Inglaterra antes que as restrições de bloqueio fossem decretadas. Além da liga ser temporariamente suspensa devido à escala da pandemia de coronavírus. Um relatório do Sunday Times explica como o Edge Health, um grupo que analisa dados do NHS por meio de modelagem de dados, acredita que o jogo em Anfield levou a 41 mortes entre 25 a 35 dias depois.

O Imperial College London e a Universidade de Oxford estimaram que a Espanha teve cerca de 640.000 casos positivos de coronavírus na época em que a partida prosseguiu. Havia 100.000 na Grã-Bretanha naquela fase. Na época da partida, muitas empresas, escolas, restaurantes e algumas partidas já haviam se mudado para portas fechadas na Espanha.

No mês passado, o prefeito de Madri, Jose Luis Martinez-Almedia, admitiu que foi um “erro” que o jogo pudesse continuar.

Não fazia sentido que 3.000 torcedores do Atlético pudessem viajar para Anfield naquela época”, disse Martinez-Almedia à estação de rádio espanhola Onda Cero. Isso foi um erro. Olhando para trás com retrospectiva, é claro, mas acho que mesmo naquela época deveria haver mais cautela”. 

NÃO FOI SÓ LIVERPOOL E ATLÉTICO DE MADRID

O governo do Reino Unido defendeu a decisão de permitir que grandes eventos como o jogo no Festival de Anfield e Cheltenham continuassem, apesar de dez dias depois, medidas de distanciamento social foram introduzidas.  O Cheltenham Festival atraiu mais de 250.000 pessoas na segunda semana de março, e uma pesquisa da Edge Health, relatada no Sunday Times, descobriu que Cheltenham “levou a 37 mortes relacionadas ao coronavírus”. 

Foto Destaque: Getty Images

Alexsander Vieira
https://bit.ly/3nAiB4l

Artigos Relacionados