Lionel Messi

Nessa quarta-feira (6) completa cinco anos de uma das jogadas mais emblemáticas de Lionel Messi. O confronto foi equilibrado entre Barcelona e Bayern de Munich, mas quem tem La Pulga, sempre está na vantagem. O jogo era o primeiro da semifinais da Champions League entre os time e ocorreu no Camp Nou. Por isso, para o Barça era importante a vitória, porque ganhar em casa é essencial em um mata-mata de Liga dos Campeões. No dia 06 de maio de 2015, a Messi entrou nos gramados da Catalunha com o objetivo de decidir.

LIONEL MESSI DECIDIU

As equipes entraram em campo, a torcida do Barça fez uma festa linda, inclusive criando um mosaico com a frase ” Nós estamos prontos”, portanto a atmosfera estava completamente favorável para os Catalães. Bayern era um grande time, contava com vários craques e com o melhor técnico da atualidade, Pep Guardiola. Entretanto o Barcelona vivia um momento melhor e contava com o trio MSN muito inspirado.

1º TEMPO

O jogo iniciou-se com um ritmo alucinante. O Bayern de Munich entrou com um esquema para anular as ações de Lionel Messi, mas isso é uma missão muito complicada. Logo no começo o Barcelona já assustou, depois de uma lançamento de Ter Stegan, Messi escorou de cabeça, deixando Luis Suárez na cara do gol, entretanto Manuel Neuer defendeu. Na sequência, Suárez deu um bom passe para Neymar, o brasileiro finalizou bem mas Rafinha impediu o gol.

Os Alemães não estavam mortos. Aos 17, Thomas Müller achou Robert Lewandowski livre, mas o centroavante não conseguiu finalizar corretamente. No final da primeira etapa, Andrés Iniesta deu um belo lançamento para Daniel Alves, o lateral brasileiro saiu frente a frente com Neuer, entretanto não fez o gol. Lionel Messi foi o melhor do trio MSN no jogo. Mesmo bem marcado, o craque criou boas oportunidades e aplicou lances geniais. Os 45 minutos iniciais terminaram 0 x 0, mas a partida estava muito boa e o zero duraria pouco no placar.

2º TEMPO

Se a primeira metade da partida foi boa, a segunda foi espetacular. O jogo ficou empatado até os 31 minutos, após Daniel Alves roubar a bola no ataque, o próprio serviu Messi que finalizou forte de fora da área para abrir o placar. Lionel Messi estava bem durante o jogo todo, apresentou bons lances desde o começo, mas o momento de genialidade extrema ainda estava para acontecer.

Alguns minutos depois, Ivan Rakitic tocou para o camisa 10, o craque partiu pra cima de Jérôme Boateng e aplicou um drible desconcertante no zagueiro, deixando-o no chão, e de perna direita, chutou de cavadinha e fez seu segundo gol no duelo. Esse lance emblemático ficaria marcado para sempre na história de Messi, Boateng, da Champions League e de todos os amantes do futebol bem jogado.

Lionel Messi estava inspirado, mas ainda não era o fim do show. Nos últimos instantes do confronto, a La Pulga deu um belo passe para Neymar, o brasileiro saiu frente a frente com Neuer e não desperdiçou. O Barcelona venceu por 3 x 0,  o time inteiro jogou bem, mas o destaque foi Messi. Podemos dizer que essa atuação foi uma das melhores de sua carreira em mata-mata de Champions League. Esse resultado deixou o Barça a um passo da final. Esse jogo foi um dos jogos capitais para o argentino ser eleito melhor do mundo de 2015.

CURIOSIDADES SOBRE O LANCE DE LIONEL MESSI

Não é novidade para ninguém prestigiar belos lances de Lionel Messi, mas esse sobre Boateng foi marcante. Além de ser em um momento importante, foi um drible muito desconcertante. Messi, depois do jogo, falou sobre a jogada, mas tratou o acontecimento como algo normal. O camisa 10 do clube catalão foi muito simples nas palavras, ele disse:

“Foi um segundo. Saiu assim. Imaginei que ele (Boateng) esperava que eu puxaria para a minha perna mais habilidosa (a esquerda) e cortei (para a direita).”

O grande zagueiro Alemão é lembrado até hoje por esse lance. Jérome Boateng sofreu muitas piadas e memes por conta desse lance, mas, recentemente quando foi perguntado sobre o lance, ele levou a “zoeira” na brincadeira. Boateng, através do Twitter, respondeu, demonstrando bom humor:

“Honestamente, gostaria de ver cada um de vocês se defendo de Messi…”.

Foto Destaque: Divulgação/ arquivo/ Republicworld

Leonardo Pinheiro
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

Artigos Relacionados