Lionel Messi expressa vontade de deixar o Barcelona imediatamente

Eleito o melhor jogador do mundo seis vezes, Lionel Messi é um dos atletas mais cobiçados no mundo da bola. Presente na equipe do Barcelona há 19 anos, o argentino soma uma extensa trajetória com inúmeros troféus e conquistas individuais. Contudo, sua passagem no time catalão está prestes a acabar. Após temporada escassa de títulos e eliminação humilhante na Champions League nas quartas de final para o Bayern de Munique, o argentino expressou seu desejo de não mais vestir a camisa Blaugrana por ausência, também, de novos projetos revolucionários.

CLAMOR POR UM NOVO PROJETO

Apesar de conquistar o Campeonato Espanhol 2018/19, o Barcelona não se acomodou. Com a contratação de novos personagens para adentrar ao plantel, os dirigentes do clube pecaram em outros aspectos. Por sua vez, o camisa 10 da Seleção Argentina pedia continuamente para a implantação de projetos que elevassem o clube a um novo patamar. O jogador mais cobiçado do mundo do futebol sabia que precisava de uma equipe qualificada para conquistar novos triunfos. Todavia, as promessas de melhoras ficaram apenas ao vento e durante anos o argentino continuou a carregar o time nas costas.

A resposta para a necessidade de melhorias veio com a chegada da Liga dos Campeões. Ao passar com tranquilidade pelas quartas de finais, o Barcelona enfrentou um pesadelo na semifinal ao confrontar o Liverpool. No primeiro jogo, os espanhóis venceram por 3 x 0 e a passagem para a final estava dada como garantida. Entretanto, na segunda partida, os ingleses venceram de forma heroica por 4 x 0 e carimbaram a passagem para a final, que posteriormente culminou com a conquista do título. Messi, que por ora havia relatado sua frustração com a diretoria do clube, voltou a solicitar novos projetos e contatações para os Blaugranas.

TEMPORADA SEM TÍTULOS

Para um jogador que está habituado a vencer jogos importantes e quebrar barreiras, conquistar títulos não é novidade. O problema é quando a normalidade se esvai e dá espaço a uma temporada sem títulos. Éric Abidal, diretor do clube, afirmou que os jogadores estavam insatisfeitos com Ernesto Valverde e por isso sua demissão na metade da temporada 2019/20 foi iminente. Todavia, Lionel Messi, através de seu instagram, negou qualquer estranhamento dele com o ex-treinador do Barcelona.  Por conseguinte, Quique Setién foi anunciado ao clube e grandes expetativas foram criadas. Contudo, apresentando dificuldades em administrar o time, Setién arrumou conflitos nos bastidores, inclusive com o craque da equipe.

A eliminação da Copa Del Rey para o Sevilla demarcou um Barcelona fragilizado e que se encaminhava para o abismo. Por conseguinte, voltando ao Campeonato Espanhol 2019/20, a equipe catalã teve o melhor desempenho como mandante ao perdeu um único jogo na La Liga dentro do Camp Nou. Entretanto, o Barça acabou por tropeçar seguidas vezes durante as rodadas, o que culminou na perda da liderança, bem como na entrega do título ao Real Madrid. Como se não bastasse o desgaste no futebol espanhol, Lionel Messi acabou por desistir de continuar no Barcelona após a Champions League. Presente por 13 anos seguidos nas quartas de final da competição, o Barça mais uma vez deixou o título escapar. Depois de adquirir a maior goleada de sua carreira, ao perder para o Bayern de Munique por 8 x 2, Messi pediu sua saída do clube imediatamente. O plantel acabou a temporada sem conquistar nada pela primeira vez desde 2008.

PEDIDO DE SAÍDA

Depois do vexame passado na Liga dos Campeões, os amadores de futebol se depararam com uma notícia chocante. De acordo com o correspondente do Esporte Interativo, Marcelo Bechler, o camisa 10 do Barça se reuniu com a presidência do clube para acordar seu desligamento. Segundo a rádio “Cadena Ser”, respeitado veículo midiático da Espanha, o jogador, juntamente com seus advogados, teria solicitado a paralisação das negociações de seu contrato. O presente documento firma o atacante no clube até junho de 2021. A iniciativa se deu devido ao esgotamento do jogador perante ao desserviço por parte dos dirigentes dos Culés com o atleta. Lionel, segundo fontes próximas ao atleta, estaria cansado de levar a culpa por tantas falhas do time.

O capitão do time, em 15 anos no time profissional, atuou em 724 jogos, marcou 630 gols e deu 273 assistências. Todavia, a insatisfação do artilheiro é a mesma que seus companheiros. Recentemente, Gerard Piqué se colocou à disposição para sair do clube tendo em vista as crises nos bastidores. Para manter o atleta no clube, um projeto sério e inovador terá que ser implantado com urgência. Entretanto, o clube catalão não possui dinheiro para novas contratações, tendo em vista as crises econômicas ocasionadas pela pandemia do COVID-19. Ademais, é válido ressaltar que no início da temporada, o atacante afirmou nunca ter ficado no Barcelona por dinheiro, mas atualmente pretende adentrar em novos caminhos.

https://twitter.com/fcbarcelona_br/status/1294420668436619265?s=20

DIFICULDADES E POSSÍVEIS FUTUROS

Messi, maior artilheiro da história do Barcelona, possui vínculo com o clube até meados de 2021. Todavia, o desejo de sair de forma imediata, coloca o atleta disponível para contratações com uma multa rescisória no valor de 700 milhões de euros (pouco mais de 4,5 bilhões de reais). Dificilmente um clube desembolsará essa quantia, mas é inegável que para onde o jogador for, levará triunfos. O clube catalão não terá tempo para descanso e para a próxima temporada, que começa no dia 12 de setembro, contratou Pjanic, Matheus Fernandes e Trincão.

Por outro lado, alguns clubes aparecem como possíveis destinos do jogador. Recentemente, o atacante comprou uma casa na Itália, o que gerou rumores de uma possível negociação envolvendo a Inter de Milão. Ademais, o Manchester City também está cotado, tendo em vista a presença marcante de Pep Guardiola. O treinador tem um bom histórico com Lionel Messi no Barcelona, além de ser listado como um dos melhores comandantes da atualidade. A parceria entre ambos rendeu 14 títulos ao Barcelona: dois Mundiais de Clubes, duas Ligas dos Campeões, três Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei, três Supercopas da Espanha e duas Supercopas da UEFA.

https://twitter.com/CulesBrazil/status/1295321646383931393?s=20

OPINIÃO: NECESSIDADE DE NOVAS EMOÇÕES

Notoriamente, Lionel Messi é o principal jogador do Barcelona. Marcou toda uma geração, além de colaborar fielmente com as conquistas e marcos dos Culés. Todavia, os esforços do atleta de nada valem quando a diretoria não se esforça em gerir com harmônia um dos clubes mais tradicionais da Espanha. A desmotivação e a apatia tomou conta de um Barcelona grande, que tornou-se pequeno devido às crises recorrentes nos bastidores. Por outro lado, o estilo de jogo único e a busca pela perfeição levaram o camisa 10 a entrar não somente na história do clube catalão, como também na elite do mundo da bola.

Talvez, não escutar seus jogadores tenha sido o pior dos erros dos dirigentes do Barça. Por conseguinte, uma mudança de comportamento imediata seria apenas um ato de desespero para não perder seus atletas mais renomados. Deste modo, é mais que compreensível a frustração do atacante no tocante a permanecer em solo espanhol. Em suma, Lionel Messi precisa encarar novos desafios e assumir a liderança de conquistar e entrar para a história de outro clube. Ademais, visando compatibilidade e estilo de jogo, é aconselhável que o argentino se dirija ao Manchester City de Pep Guardiola, caso o  clube abra seus cofres para contratar o craque.

Foto destaque: Reprodução/Reuters

Iara Alencar
Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Alagoas, apaixonada por esportes e com pretensão de alavancar na carreira de assessoria de comunicação ou imprensa, precisamente no âmbito esportivo (futebol de preferência). O objetivo é aperfeiçoar a construção dos textos, a fim de sair da zona de conforto dos gêneros que estou habituada a escrever (reportagens e artigos opinativos), além de abranger meus conhecimentos pessoais e profissionais. Tenho 23 anos, sou bastante comunicativa, perfeccionista em suas limitações e persistente em tudo o que faço.

Artigos Relacionados