Liga da França

Mesmo com a Ligue 1 e a Ligue 2 encerradas precocemente por conta da pandemia do coronavírus, uma notícia boa foi dada aos clubes de futebol. Nesta segunda-feira (4), as equipes tiveram a confirmação de um empréstimo bilionário. Dessa maneira, o mesmo foi realizado pela Liga da França. A medida serve para auxiliar os times na crise provocada pelo Covid-19.

VEJA MAIS:

Paris Saint-Germain tem interesse na contratação de Pjanic e De Sciglio, da Juventus

Em série da Netflix, Luis Suárez lembra quando ‘invandiu' o Camp Nou na adolescência

A LPF (Liga Francesa de Futebol Profissional) fez um empréstimo de 224,5 milhões de euros (1,3 bilhões de reais) para ajudar os clubes, que não receberam dinheiro da televisão. Assim, tanto os clubes da primeira quanto da segunda divisão serão beneficiados. Os times tiveram seus torneios suspensos em 13 de março.

O empréstimo acabou sendo contratado junto ao Governo Francês. Assim, o mesmo terá de ser pago pela Liga da França, fazendo com que os clubes não tenham essa responsabilidade. A quantia se soma aos 47,6 milhões de euros que as TVs já tinham pago aos clubes, totalizando mais de 272 milhões de euros aos times pelos direitos da temporada interrompida pelo coronavírus.

O valor só foi disponibilizado pois a LPF se beneficiou de um programa do governo francês voltado para ajudar negócios afetados pela pandemia. Dessa maneira, a Liga terá cinco anos para realizar o pagamento, além de ter 90% do seu valor garantido pelo Estado. O benefício também deve ser requisitado individualmente por alguns clubes, como o Paris Saint-Germain, que também já demonstrou o seu interesse.

A atual temporada do Campeonato Francês foi encerrada oficialmente na última quinta-feira (30). Dessa maneira, o PSG foi considerado o campeão da Ligue 1. O mesmo possuía 12 pontos de diferença do 2° colocado, o Olympique. Enquanto isso, o Lorient ficou com o título da Ligue 2. Junto com o campeão, o Lens também sobe para a elite do torneio francês.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

Lauren Berger
Lauren Berger, gaúcha e apaixonada por futebol. Cresci vendo grandes nomes do Brasil em campo e um sentimento especial cresceu em mim. Vi Ronaldinho Gaúcho, Fernandão, Cristiano Ronaldo, Iniesta e foi amor à primeira partida. Estudo na Universidade Luterana do Brasil-RS.

Artigos Relacionados