LIGA BBVA: A rodada dos três jogos em um

Os três aspirantes a campeão entraram em campo às 17h do horário local da Espanha. Barça jogava no Camp Nou contra o Espanyol. Atlético visitava o Levante. Real Madrid recebia o Valencia no Santiago Bernabéu. O torcedor teve que se dividir em três para acompanhar tudo ao mesmo tempo.

Logo com um minuto de jogo Torres abre para o Atlético, colocando a equipe de Madrid como líder temporário. Aos 7 minutos Messi faz com que o Barcelona voltasse a liderança com um golaço de falta, indefensável para o goleiro Pau. Com 25 minutos, Cristiano Ronaldo também coloca a sua equipe em vantagem. Os três candidatos ao título seguiam vencendo.

A penúltima rodada da Liga começou a mudar os ventos no minuto 29, com um gol de Victor para o Levante, empatando a partida com o Atlético e deixando os colchoneros na terceira posição da tabela. Começaram líderes, mas terminavam o primeiro tempo em apuros. Jogavam sem intensidade contra um Levante já rebaixado, não parecia aquele time guerreiro que eliminou o Bayern na última quarta-feira. Aos 41 minutos Benzema marca em impedimento, ampliando a vantagem do Real.

O segundo tempo voltou muito mais quente nas três partidas. Suárez marca o segundo do Barça aos 51 minutos, deixando o time mais tranquilo ainda. Aos 54, Rodrigo marca o primeiro do Valencia, que começa a pressionar o Real buscando o empate, mas a resposta merengue veio quatro minutos depois com um gol de CR7, Real 3-1 Valencia. O terceiro do Barça veio logo em seguida, aos 60 minutos, mais uma vez com o artilheiro uruguaio.

Na marca dos 73 minutos a equipe catalã abre a goleada com Rafinha, que acabava de entrar em jogo. Uma falha bisonha do goleiro Pau deixou o jogador do Barça sozinho para marcar. Um preço caro depois das declarações do jogador do Espanyol. Nessa semana havia dito que gostaria que o “Tamudazo” se repetisse. Em 2007, na penúltima rodada, a equipe do Espanyol empatou por 2-2 no Camp Nou e impediu o Barça de tomar a liderança. Madrid foi campeão aquele ano por critério de desempate.

Pau, que é catalão, também disse que gostaria que uma equipe de Madrid fosse campeã esse ano. Declarações polêmicas de um jogador que já se envolveu em confusão esse ano por ter pisado intencionalmente em Messi na Copa do Rey. O que restou de consolação ao Espanyol foi não ter sido rebaixado esse ano. E graças aos tropeços dos rivais que estavam em situação pior. Escaparam por um triz.

Os últimos dez minutos de jogo foram decisivos. Aos 80 minutos André Gomes marca o segundo do Valencia, que cresce e começa a pressionar muito a equipe do Real. O lance mais polêmico veio dois minutos depois, quando o juiz expulsou Rodrigo em uma cobrança de lateral. A justificativa foi que ele teria dito algo que o bandeirinha não gostou, mas eles estavam muito distantes um do outro no lance. Vermelho direto que ninguém entendeu o motivo, prejudicando a pressão que fazia a equipe de Valencia. Ao mesmo tempo, Neymar encerrava a goleada no Camp Nou. 5-0 para o Barcelona em um passeio sobre seu rival local.

O momento mais dramático foi aos 89 minutos, quando Rossi surpreende o Atlético e faz o segundo do Levante. Uma equipe rebaixada tomba o gigante Atlético. Com esse resultado a equipe de Simeone está fora da briga pelo título. Pode chegar igualar o Barça em pontos na última rodada, mas perde no confronto direto.

Só bastava um único gol do Valencia para encerrar o campeonato espanhol. Se conseguissem o empate, o título seria do Barcelona. Mesmo com um homem a menos o Valencia não se acovardou e tentou até o último segundo. A arbitragem não ajudou, deixou de marcar uma falta perigosa para os visitantes bem na boca da área do Madrid. Uma arbitragem questionada até mesmo nos meios de comunicação da capital espanhola, que reconheceu que não foi uma vitória muito justa.

Tudo será decidido na última rodada, no próximo sábado, meio dia no horário de Brasília. Barcelona visita o Granada, que escapou do rebaixamento goleando o Sevilla por 1-4. Real Madrid visita o Deportivo. Uma vitória da equipe catalã sela o campeão, que ainda tem o luxo de poder tropeçar caso o Madrid também tropece. O esperado é que as duas equipes vençam seus fracos rivais, mas a emoção será garantida nessa Liga que será disputada até o último segundo.

Avatar

Sobre Diego Rey

Diego Rey já escreveu 22 posts nesse site..

Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Diego Rey
Diego Rey, 27 anos, jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Sua paixão pelo futebol começou em 2006, ao ver Ronaldinho fazendo mágica em Barcelona. Desde então se tornou um torcedor culé fanático e não perde nenhum jogo do Barça. Morou na cidade catalã em 2013 e fez do Camp Nou sua segunda casa enquanto esteve lá.

    Artigos Relacionados

    Topo