Líderes perdem, enquanto acirra a briga na parte de baixo da tabela da Série C

- Ambos líderes perderam pontos importantes; já os ameaçados respiram ar de esperança
Série C

A rodada de encerramento do 1° turno da Série C do Campeonato Brasileiro contou com fortes emoções neste domingo (23/6). Os líderes de ambos os grupos, Ferroviário e Remo, caíram para seus adversários. Enquanto isso, na briga pelo G4, o empate entre Volta Redonda e São José embolou mais a corrida pela vaga. Mas, na luta dos aflitos, o Luverdense levou a melhor, com direito a goleada sobre o também ameaçado Atlético-AC.

SÉRIE C – 9ª RODADA

Confiança 1 x 0 Ferroviário

Os donos da casa levaram a melhor sobre os visitantes e venceram na Arena Batistão, em Aracaju. Assim, os anfitriões conseguiram parar a sequência de três vitórias do ainda líder do grupo A da Série C com 19 pontos. O Confiança, com 14 pontos, está na 4ª colocação. Mas o início do 1º tempo não trouxe grandes emoções devido ao equilibro entre ambas as equipes. O mandante tentou mudar isso em cobrança de falta aos 11’. Altemar bateu forte, porém o goleiro Nicolas não conseguiu segurar a bola. Entretanto, ela sobrou nos pés de Everton, mas o jogador chutou por cima.

Altemar novamente se mostrou disposto a abrir o placar para o time local. Então, aos 24’, arriscou o chute de fora da área, mas novamente a bola foi por cima. O Dragão do Bairro Industrial dominava a partida. Aos 37′, Ítalo encontrou Everton pela esquerda, que bateu rasteiro obrigando o goleiro Nicolas a trabalhar novamente. Próximo ao final da etapa inicial, aos 44’ minutos, Amaral testou chute de longe tirando tinta da trave esquerda.

O time sergipano voltou melhor na etapa final, insistindo no ataque. E, aos 23’, conseguiu marcar o gol da vitória: Ítalo se livrou da marcação, entrou na área e tocou para Renan Gorne, que chutou rasteiro, para dentro do gol. A partir daí, o Confiança se restringiu a cadenciar a partida, enquanto o líder do grupo A, o Ferroviário, tentou, sem sucesso, buscar o resultado igualitário. No returno da Série C, no próximo domingo (30/6), o Ferroviário recebe o Botafogo-PB às 17h (horário de Brasília), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Já o Confiança visita o Sampaio Correa às 18h (horário de Brasília), no Castelão, em São Luís.

Volta Redonda 2 x 2 São José

Jogando em casa, o Volta Redonda não saiu do empate contra o São José pelo grupo B, no Estádio Raulino de Oliveiras. Ambas as equipes brigam entre si por uma vaga no G4 e precisavam dos três pontos. O time da casa, com o resultado, cai para o 7º lugar com 10 pontos. Enquanto os visitantes, com 14 pontos, se mantêm na 3ª colocação. Os dois times foram com fome de gol e, logo no 1º tempo, abriram o placar. Pelo lado do São José, Cláudio Maradona fez o primeiro, aos 31’, aproveitando falha da defesa dos donos da casa e chutando para o fundo das redes. Mas o Voltaço não se intimidou com o resultado desfavorável. Nos instantes finais, aos 43’, o zagueiro Heitor cabeceou no cantinho do goleiro, após cobrança de falta dentro da área.

Na segunda etapa, foi o time carioca quem levou mais perigo com bolas aéreas. Mas quem chegou ao gol foi o São José, novamente com participação de Cláudio Maradona. Aos 18’, o atacante cruzou na cabeça de Luiz Eduardo, que colocou novamente os visitantes em vantagem. No entanto, a equipe gaúcha não se manteve por muito tempo a frente. Quatro minutos depois, aos 22’, Wandinho, também de cabeça, deixou tudo igual. Assim, na próxima rodada, o Volta Redonda enfrentará o Atlético Acreano no próximo domingo (30/6), às 19h (horário de Brasília), na Arena da Floresta, em Rio Branco. Enquanto o São José recebe os mineiros do Tombense, às 16h (horário de Brasília), no sábado (29/6), em Porto Alegre, no estádio Passo D’Areia.

Luverdense 4 x 0 Atlético Acreano

No estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, o Luverdense aplicou uma goleada para cima do Atlético Acreano. Essa foi a primeira vitória da equipe na competição que agora soma nove pontos. Desta forma, subindo uma posição e ficando na vice-lanterna do grupo B. Já o Atlético assumiu a lanterna com apenas sete pontos. A partida foi marcada pelo calor intenso na cidade, o que não impediu os donos da casa de abrirem o placar logo nos minutos iniciais. O jovem atacante Gabriel Honório, aos três minutos, aproveitou o deslize da defesa adversária e mandou para o fundo das redes. Próximo ao final da primeira etapa, o zagueiro Luiz Eduardo deu uma de centroavante e, aos 33’, ampliou o placar de cabeça. Para completar, o meia Juninho Tardelli ampliou o placar dois minutos depois, aos 35’, ainda no 1º tempo, com chute certeiro no canto direito.

Na segunda etapa começou eletrizante como a anterior. Mas para a equipe da casa, é claro. Novamente o jovem Gabriel Honório, aos 14’, chutou no cantinho do gol, após finta para cima do zagueiro dentro da área, fechando a goleada. No próximo domingo (30/6), às 19h (horário de Brasília), o Atlético Acreano recebe o Volta Redonda na Arena da Floresta, no Acre, pela 10ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O Luverdense enfrenta o Juventude na segunda-feira (1/7), às 20h (horário de Brasília), no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

Remo 0 x 1 Paysandu

Pelo placar mínimo, equipe do Paysandu levou a melhor contra o Remo, fora de casa, no clássico Re-Pa. No estádio do Mangueirão, em Belém, Papão do Curuzu encerrou um jejum que já durava seis confrontos contra o grande rival. Com o resultado, o time saiu da parte de baixo do grupo B. Assim, assumindo a 4ª colocação com 13 pontos. Enquanto o Remo perdeu a liderança, caindo para vice, com 15 pontos.

A partida começou quente. Em menos de 20 minutos já haviam sido distribuídos três cartões amarelos. Além das faltas duras, o jogo em si estava se desenhando para o lado do Paysandu. Mas a falta de criatividade no passe final obrigou equipe a se limitar em arriscar chutes de longe. Tiago Luís e Anderson Uchoa tentaram, mas nem ameaçaram a meta de Vinícius. No entanto, a parte defensiva da equipe funcionou muito bem inibindo as jogadas trabalhadas pelas laterais do campo por parte do Remo.

O 2º tempo parecia prometer maiores emoções. No reinício da partida, aos cinco minutos, Carlos Alberto desperdiçou a sobra após cruzamento da esquerda, chutando por cima do gol do time visitante. O atacante queria manter a vantagem de sua equipe em clássicos. Em lance seguinte, ele cortou para o meio e bateu forte. Mas parou na defesa do goleiro Mota. Porém, quem se recolocou na partida foi o Paysandu. Em cobrança de escanteio, aos 29’, a bola bateu em Micael, sobrando para Anderson Uchoa completar para dentro do gol. O Paysandu recebe, na sexta-feira (28/6), o Ypiranga, às 20h (horário de Brasília), no Mangueirão, em Belém. No sábado (29/6), o Remo visita o Boa Esporte, às 19h15 (horário de Brasília), no Estádio do Melão, em Varginha.

Leonardo Sevilhano

Sobre Leonardo Sevilhano

Leonardo Sevilhano já escreveu 38 posts nesse site..

Paulista, graduando em Letras - Bacharelado em Tradução Inglês/Português pela PUC-SP. Torcedor da Portuguesa, apaixonado por futebol e pelo jornalismo esportivo.

BetWarrior


Poliesportiva


Leonardo Sevilhano
Leonardo Sevilhano
Paulista, graduando em Letras - Bacharelado em Tradução Inglês/Português pela PUC-SP. Torcedor da Portuguesa, apaixonado por futebol e pelo jornalismo esportivo.
http://redacao%20fnv

    Artigos Relacionados

    Topo