Líder no fantasy da Premier League é desclassificado por racismo

Assim como o Cartola FC no Brasil, mas com uma dimensão mundial, o fantasy da Premier League reune milhares de perfis para disputa na elite do futebol inglês. No entanto, o vencedor, até o momento, era o bulgaro Aleksandar Antonov. Contudo, após uma frustação com o atacante Sterlign, do City. O perfil fez um comentário racista em um grupo privado. E então teve seu perfil deletado e a coroação ficou com o jovem Josua Bull. 

Sendo assim, após algumas semanas do término do fantasy da Premier League, na terça de manhã o bulgaro percebeu que seu perfil tinha sido deletado da plataforma. Após a decisão, Antonov tuitou:

Posso apenas dizer rapidamente … Eu não sou racista. OK, era tudo o que eu tinha a dizer, tchau. ” Ele acrescentou: “O comportamento foi explicado ao [Fantasy Premier League] em duas páginas e eu respeito a decisão deles … Eu nunca diria algo assim a um jogador com a intenção de ofendê-lo, é uma pequena conversa com amigos, em um idioma e cultura diferentes. ”

Antonov não respondeu aos comentários, mas fez um vídeo explicando melhor a situação sobre o qual tinha acontecido, e que ele não tinha trapaceado, e sim feito comentários num grupo privado com um jogador específico.

“O motivo da minha desqualificação é um momento de frustração com um jogador, expresso em palavras, escrito entre amigos. Nunca teve a intenção de ofender nenhum jogador de futebol. Não é algo que postei ou disse diretamente para um jogador de futebol. ”

Em seguida, ele completou dizendo que o acontecido foi uma brincadeira entre amigos, e que não deveria ser muito diferente das demais conversas sobre futebol. Contudo, ele também explicou que viveu no Reino Unido por muito tempo, convivendo com diversas culturas e etnias. “Eu nunca, em um milhão de anos, diria ao jogador o que disse em um pequeno bate-papo com amigos … Provavelmente pediria um autógrafo se os conhecesse.”

PRÊMIOS DO FANTASY

Com essas acusações e também a desclassficiação de Aleksandar Antonov, o bulgaro perdeu alguns prêmios que seria dado para o vencedor do fantasy da Premier League. Sendo assim, confira uma lista da premiação ao primeiro colocado do game.

  • Sete noites num hotel no Reino Unido, com acesso a serviço VIP em dois jogos da Premier League
  •  Uma semana de várias atividades em pontos de atração populares no Reino Unido
  •  Viagem e alojamento totalmente pagos
  •  Relógio da TAG Heuer
  •  Uma edição do FIFA 20 e uma console
  • Um casaco de treinador da Nike
  • Um saco com vários produtos da Premier League, tais como uma mochila, camiseta, caneca, garrafa de água ou uma caneta

O NOVO VENCEDOR DO FANTASY DA PREMIER LEAGUE

Joshua Bull é estudante, e estuda como o cancer se espalha pelo o corpo do ser humano. Sendo assim, ele conta como ficou sabendo que conquistou o título do fantasy da Premier League.

“Eu esperava ouvir alguma coisa da Premier League em algum momento porque estaria em segundo lugar. Mas então o e-mail que chegou dizia que o cara à minha frente foi desclassificado por algum motivo e eu serei coroado campeão. ”

Bull estava registrado como torcedor do Southampton na plataforma do fantasy da Premier League. No entanto, o estudante torce para o Ipswich Town da 3ª divisão inglesa.

“A ideia é que você escolha jogadores que acha que se sairão bem, e isso lhe dá algo mais para torcer quando os jogos começam. Eu realmente não apoio nenhum dos times da Premier League, então é uma maneira de ter um pouco de envolvimento ”.

Por fim, o novo campeão não quis comentar sobre o motivo da desclassificação do seu adversário. Além disso, ele falou que entrou no game apenas para uma disputa na família, e que não esperava se envolver tão rapidamente com o jogo.

Foto destaque: reprodução/ Fantasy.premierleague.com

Ivan Garcia
Me chamo Ivan Garcia. Tenho 21 anos, sou estudante do 8º semestre de jornalismo na Faculdade Paulus de Tecnologia e comunicação - FAPCOM. Fanático por todos os esportes, o futebol é algo que sempre esteve comigo, e desde criança sonhava em fazer parte do ramo esportivo. Acredito que não existe emoção maior que não seja no esporte, você fica feliz e triste em questão de minutos, e é isso que me faz gostar cada vez mais.

Artigos Relacionados