Jogando no estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai, o Libertad venceu o Atlético Nacional por 1 x 0 em jogo válido pela ida da 3ª fase preliminar da Copa Libertadores da América. Assim, o gol solitário da partida desta quarta-feira (7) foi marcado pelo zagueiro Báez após rebote do goleiro Quintana. Dessa forma, os paraguaios levam vantagem para o duelo da volta que acontece na próxima semana.

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DE LIBERTAD X ATLÉTICO NACIONAL

EM BREVE

1° TEMPO: APAGÃO NO INÍCIO E EQUIPES SEM CRIATIVIDADE

A bola mal havia começado rolar no estádio Defensores Del Chaco, mas já teve que parar. Isso porque, o palco do duelo contou com um apagão geral, paralisando assim a partida. Com a retomada do jogo, o Libertad foi quem assustou primeiro. Após receber dentro da área, Adrian Martínez encobriu o goleiro, mas viu o lateral Banguero salvar em cima da linha. A primeira grande chegada do Atlético Nacional se deu já aos 30 minutos, quando Barrera recebeu pelo lado esquerdo, bateu cruzado, mas viu a bola ir para fora.

Em resposta, o time mandante chegou com Sebastian Ferreira, que tentou a finalização, mas foi barrado pela defesa. Na sobra, Franco teve o gol aberto para marcar. Contudo, o camisa 10 mandou na rede pelo lado de fora. Por outro lado, Chacón tentou finalização de fora da área pelos visitantes, mas errou o alvo. Dessa forma, o duelo seguiu para o intervalo empatado em 0 x 0.

2° TEMPO: ATLÉTICO NACIONAL CRIA, MAS LIBERTAD É LETAL

Diferentemente da primeira etapa, o susto inicial foi do clube visitante. Em lance pelo lado esquerdo, Andrade invadiu a área, mas finalizou para fora. Aos 15′, Perlaza surpreendeu Martín Silva em cabeceio, obrigando o goleiro a se recuperar e evitar o gol por cobertura. Por outro lado, o Libertad chegou somente aos 22′, quando Cardozo recebeu cruzamento na área e emendou de primeira, mandando por cima da meta.

Barrera voltou a assustar pelo lado do colombiano. O camisa 7 arriscou de fora da área e obrigou Martín Silva a fazer boa defesa com a ponta dos dedos. Pouco depois, o arqueiro parou o cabeceio a queima-roupa de Jonatan Álvez. Contudo, quem abriu o placar foi o Libertad. Após cobrança de falta de Bocanegra, Quintana espalmou para frente e facilitou o trabalho de Báez, que apenas teve que empurrar para as redes. Já no minuto final, o goleiro dos visitantes ainda evitou o segundo gol dos mandantes, já que se jogou na frente da bola finalizada por Cardozo. Desse modo, o jogo se encerrou em 1 x 0 para os paraguaios.

LIBERTAD X ATLÉTICO NACIONAL – E AGORA?

Com a vitória, o Libertad leva vantagem para o duelo da volta, na Colômbia, na próxima semana. Sendo assim, o time se classifica com qualquer empate ou triunfo. Por outro lado, outro 1 x 0, mas a favor do Atlético Nacional leva o duelo para os pênaltis. Caso queiram se classificar diretamente, os colombianos precisam atingir o marcador de dois gols ou mais de diferença sobre o rival. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Atanasio Girardot.

Foto Destaque: Divulgação/Libertad

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe uma resposta