Leandro Damião relembra 8 anos da conquista do bicampeonato do Superclássico das Américas

- Atualmente, o jogador vem sendo um dos destaques no futebol japonês
Leandro Damião

Uma data especial que sempre será lembrada pelo atacante Leandro Damião. Sem dúvidas, é sua passagem pela Seleção Brasileira em 2012. Isso porque depois de perder por 2 x 1 no tempo regulamentar na La Bombonera. Um jogo memorável com muita rivalidade em campo, onde o Brasil fez 4 x 3 nas penalidades máximas e conquistou novamente o título diante do seu maior rival, a Argentina. Contudo, por ter vencido por 2 x 1 em Goiânia, bastava o empate para levantar a taça.

Me lembro que foi um jogo complicado, mas a equipe conseguiu se concentrar bem e levamos esse título importante para o Brasil, principalmente por ser contra um rival histórico nosso, o que torna a conquista maior ainda”, diz Leandro Damião.

Ao passo que atuando com a amarelinha, Leandro Damião registra 18 jogos com três gols. Logo, o destaque foi nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, onde ele esteve em seis partidas e balançou as redes adversárias também por seis vezes. Aliás, esses gols marcados durante o Torneio Olímpico, foram os responsáveis por ele garantir  a artilharia da competição.

Damião só não marcou na final do torneio. O outro jogo em que não balançou as redes foi o segundo da primeira fase, o único em que não começou jogando. O camisa 9 naquela oportunidade foi importante durante a campanha, tendo feito seu melhor jogo nas quarta-de-final, contra Honduras, quando fez dois gols e ainda sofreu um pênalti.

CAMPEONATO JAPONÊS

Atualmente, o jogador brasileiro joga no Kawasaki Frontale do Japão. No país asiático, nesta temporada, ele atuou em 33 jogos e fez 12 gols. Com Damião em campo, o Frontale venceu 78% das partidas. Além disso, o atacante é o terceiro artilheiro da equipe no Campeonato Japonês da atual temporada, com 11 gols, e o terceiro jogador do elenco com mais participação em gols, com 14.

No Japão desde o ano passado, Damião jogou 71 partidas e balançou as redes em 26 oportunidades. Na Terra do Sol Nascente, ele conquistou os títulos da Copa da Liga e da Super Copa. O artilheiro deve levantar a taça do Campeonato Japonês de 2020, já que o seu time está com larga vantagem sobre o segundo colocado e faltam poucas rodadas para o fim da competição.

Foto Destaque: Rafael Ribeiro / CBF

*TMA

BetWarrior


Poliesportiva


Tathiane Marques
Tathiane Marques
Na verdade, não fui eu que escolhi o jornalismo e sim ele que me escolheu. Sem dúvidas, a profissão é como um oceano que precisa ser desvendado na sua profundeza, só assim é possível conhecer e respeitar toda sua beleza.

    Deixe uma resposta

    Topo