Lateral-direito do Atlético-GO fala em “lamber as feridas” após goleada

Goleado pelo Bragantino por 4 x 0 no último domingo (17), o Atlético-GO perdeu invencibilidade de 13 jogos e sofreu um choque de realidade após conquistar o Campeonato Goiano e inicar bem a Sul-Americana, com duas vitórias. No Brasileirão, o time ainda não venceu, mas não tem tempo para lamentar. Segundo o lateral-direito Dudu, é hora de “lamber as feridas“. Ele vê com bons olhos já ter pela frente logo na sequência o jogo de ida contra o Cuiabá pela terceira fase da Copa do Brasil.

“Depois de uma derrota como essa que sofremos, é até bom ter um jogo em cima do outro, pois aí você já consegue virar a chave. A Copa do Brasil é uma competição mata-mata, então tem que estar totalmente concentrado. Lamber as feridas que ficaram do último jogo e já ir para cima do Cuiabá“, desabafa o atleta rubro-negro.

Apesar do placar elástico, Dudu garante que não há terra arrasada, até pela sequência positiva que o Dragão tinha até então. Para o lateral-direito, não há segredo: é importante que o time entre concentrado, mas mantenha o que vinha fazendo antes da goleada para o Bragantino.

“Temos que fazer o que vínhamos fazendo. Dentro de casa, é pressionar o adversário, colocar a bola no chão e jogar. Pressionar o time deles a todo instante. Colocar intensidade, que é uma grande virtude da nossa equipe. Fazendo isso, temos grandes chances de sairmos com a vitória”.

Atlético-GO inicia venda de ingressos para jogo contra o Cuiabá

A princípio, o Dragão iniciou a venda de ingressos para o importante jogo de quinta-feira (21), às 21h30, no Antônio Accioly, contra o Cuiabá. É a primeira partida da terceira fase da Copa do Brasil. A volta será em Cuiabá, ainda sem data definida pela CBF.

Decerto, os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia). Torcedores com camisa do Atlético-GO pagam meia-entrada. Torcedores do Cuiabá pagam inteira.

A venda é feita no CT do Dragão, no estádio Antônio Accioly e online.

Carla Regina
22 anos, de São Paulo. Relacionar o esporte com a mídia, me permite levar informações verídicas ao consumidor, que assim como eu, são amantes dos esportes.
https://lorena.r7.com/colunista/Carla-Regina