Técnico do Liverpool na derrota do clube para o Real Madrid na final da Champions League 2017/18Jürgen Klopp volta a reencontrar os espanhóis no torneio continental. Contudo, nesta ocasião, ambos se encontram na fase quartas de final do campeonato. Em entrevista após o último treino antes do duelo desta terça-feira (6), o treinador alemão descartou o clima de revanche pela derrota de três anos atrás.

“Minha motivação é de alto nível, vamos jogar contra o Real Madrid. Não é por causa de 2018. Mas é claro que me lembro do jogo. Se alguém me perguntasse uma semana depois da partida se eu convidaria Sergio Ramos para meu aniversário, eu diria que não. Uma noite estranha, mas foi há muito tempo”, afirmou.

“Não consigo recuperar esse sentimento, essa raiva ou o que seja, por isso nem tento. Queremos mostrar como somos bons. Se formos melhores do que o Real, podemos seguir adiante. Não é uma turnê de vingança. A vida é assim. Eu não acredito nisso, mas seria bom passar”, finalizou o técnico alemão.

Em 2018, o Liverpool saiu derrotado pelos Merengues com o placar de 3 x 1, contando com duas falhas do então goleiro Karius. Além disso, os Reds perderam Salah logo no início do duelo após o egípcio sofrer falta de Sergio Ramos e não conseguir retornar por dores.

Ainda na entrevista, Klopp fez questão de elogiar o momento vivido pelo Real Madrid, bem como a experiência do elenco espanhol. Ambos os times entram em campo nesta terça-feira (6), às 16h (horário de Brasília), no estádio Alfredo di Stéfano, na Espanha. O confronto de volta acontece na próxima quarta-feira (14), em Anfield, na Inglaterra.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe uma resposta