Juventus se aproxima de Raúl Jiménez, atacante do Wolverhampton

- Os clubes chegaram a um acordo pelo atacante mexicano e a transferência está há detalhes de ser concretizada
Juventus se aproxima do atacante Raúl Jiménez

Após ter garantido o 9º titulo seguido do Campeonato Italiano, a Juventus segue no mercado de transferências visando a temporada 2020/21. Dessa forma, o nome da vez é do atacante Raúl Jiménez, do Wolverhampton. Assim, o jogador de 28 anos é um dos grandes nomes dessa temporada e, como resultado, Real Madrid e Manchester United monitoravam de perto o mexicano.

Sendo assim, o atacante, que é um dos principais goleadores da Premier League, está na mira da Vecchia Signora. De acordo com o jornal espanhol ‘AS‘, ambas equipes já teriam acertado o valor de 80 milhões de euros (R$488 milhões, na cotação atual) pela transferência do atleta.

Ainda de acordo com a publicação, as equipes estavam bem distantes sobre um possível acordo. A principio, foi oferecido 50 milhões de euros (R$ 305 milhões) ao Wolves. Entretanto, o clube inglês pedia 100 milhões de euros (R$ 611 milhões). De qualquer forma, caso a transferência para a Juventus realmente se concretize, o atacante seria o jogador mexicano mais caro da história.

Atualmente, Jiménez joga pelos Lobos há duas temporadas, sendo a primeira por empréstimo e agora em definitivo. O Wolverhampton contratou o atacante junto ao Benfica por 41 milhões de euros. Assim, nesta temporada são 26 gols em 53 jogos. Já na Premier League, foi o 8º jogador que mais marcou gols, foram 17 em 38 rodadas.

Além de revelar possíveis valores da transferência, a publicação também aponta que o clube inglês já teria um nome para substituir o atacante. Portanto, a primeira opção parece vir de Portugal: o atacante Paulinho, do Braga, que vem fazendo ótima temporada tendo marcado 25 gols em 48 jogos.

Foto Destaque: Reprodução/AS

Matheus Ventura
Matheus Ventura
Escolhi fazer jornalismo pois tenho um sonho de trabalhar na área esportiva, já desde pequeno ouvia jogos na rádio da minha cidade e acompanhava os campeonatos do nosso país, e outros como o Inglês e o Espanhol e como quase todo menino sonhava em ser jogador. Porém o sonho de ser jogador não deu certo, mas encontrei no jornalismo esportivo uma forma diferente de trabalhar e ser feliz na área do esporte.

Artigos Relacionados

Topo