Julen Guerrero

Hoje vamos retratar um pouco da história de um dos maiores jogadores da história do futebol espanhol: Julen Guerrero. O ex-jogador teve oportunidades de jogar em clubes tradicionais da Europa, porém decidiu dedicar-se única e exclusivamente ao Athletic Bilbao, que o fez se tornar essa grande lenda no esporte mais querido do mundo.

A HISTÓRIA

Julen Guerrero López, conhecido como El Rey León, nasceu no dia 7 de Janeiro de 1974, em Portugalete, Espanha, uma cidade de origem basca. Sendo assim, o ex-jogador começou sua carreira no futebol em 1982 nas categorias de base do Athletic Bilbao. Pela equipe, o mesmo acabou atuando como meia-atacante, onde permaneceu até os 32 anos. Em seguida, ele se aposentou em 2006.

Por ter sido um dos grandes destaques no futebol espanhol na época, Julen recebeu propostas milionárias de vários clubes. Times como Barcelona, Milan, Manchester United tentaram fechar com o jogador. Além desses, o Real Madrid chegou a lhe oferecer um cheque em branco para deixar o Bilbao. Porém, isso não foi o suficiente para o ex-meia deixar seu clube, que o revelou para o futebol.

Nos dias de hoje, Guerrero trabalha como colunista do Eurosport e é técnico do time de base Athletic. Pela equipe, conquistou os títulos do Torneio de Larneo Juventude, com o sub-19, o Campeonato Portugalete Juventude, em 2007, o Torneio Internacional Juvenil de Ribeiro, o Campeonato Juvenil de Arenas, o Campeonato Tornal e, por fim, o Campeonato Espanhol Villena, em 2008, com o sub-16. Julen Guerrero, além disso, também tornou-se empresário e abriu um restaurante na cidade de Bilbao. No local, acabou colocando o seu próprio nome no estabelecimento.

Athletic Bilbao

Em toda sua carreira como jogador de futebol, Julen Guerrero atuou somente no Athetic Bilbao. Sendo assim, foi da equipe desde as categorias de base até sua aposentadoria. Tornou-se capitão do clube e, apesar de não ter conquistado nenhum título, ganhou o prêmio de melhor jogador da La Liga na temporada 1994/85. Assim também, ajudou a equipe de Bilbao a chegar à segunda colocação na temporada 1997/98 do Campeonato Espanhol, onde foi a melhor posição do time desde seu último título no início dos anos 1980.

Referente à gols, Guerrero marcou 116 vezes em 430 jogos na equipe. Com essa marca, Julen se tornou um dos artilheiros da história da equipe basca, como também o nono jogador que mais atuou. O ex-atleta fica atrás somente de jogadores como Iker Muniain, Joseba Etxebarria e Markel Susaeta.

Seleção Espanhola

Assim como muitos jogadores que foram destaques no futebol conseguiram marcar presença na seleção da Fúria, também não foi diferente com o ídolo do Bilbao. Sua primeira participação na equipe nacional foi em em 1993. Em 1994, participou da Copa do Mundo nos Estados Unidos, onde marcou apenas um gol. Logo mais disputou também o Mundial da França, em 1998, e da Eurocopa de 1996. No geral, Julen marcou pela Seleção Espanhola 13 gols em 41 jogos que disputou. Chegou a atuar também pela Seleção Basca, porém esta não foi reconhecida pela FIFA, também entre 1993 e 2006.

https://twitter.com/PaseDeGooooool/status/1221846765311160326

Foto de destaque: Reprodução/Getty Images 

Avatar
Daiane Ribeiro
Meu nome é Daiane, tenho 31 anos, moro na zona leste de São Paulo. Sou formada em Jornalismo pela Universidade Paulista  (UNIP), e são-paulina de coração. Amo esportes, livros, CSI e gatos. Já escrevi para sites esportivos como Radar da Bola e Esportudo. Pretendo seguir no jornalismo esportivo como também cursar uma pós-graduação em Perícia Criminal, que é uma área na qual sou apaixonada.

Artigos Relacionados