Jorginho

O Cuiabá tem confronto complicado, na Arena Pantanal, pela 15ª rodada do Brasileirão Série A, diante do Bahia, neste sábado (7), às 21h (horário de Brasília). Dessa maneira, o Dourado tem a chance de se distanciar do Z4, podendo aproveitar a má fase do adversário. Por outro lado, o técnico Jorginho não espera facilidade.

“Apesar de estarem vindo de quatro derrotas, eles fizeram um excelente jogo contra o Atlético-MG [pela Copa do Brasil]. É uma equipe que tem muita capacidade, muita qualidade, sabemos o quanto é difícil enfrentá-los. Tem um bom elenco, já há um bom tempo vem investindo. Sabemos o quanto será difícil, não existe facilidade de forma nenhuma, ainda mais se tratando de equipes desse nível do futebol brasileiro”.

Desfalque de Clayson e estreia de Cabrera

Em suma, Clayson, que é um dos destaques do Cuiabá na competição, não poderá atuar porque tem contrato vigente com o Bahia e está emprestado ao Dourado. Por outro lado, o meia colombiano Yesus Cabrera foi regularizado e estará entre os relacionados para o confronto. Dessa maneira, Jorginho elogiou o jogador e deu a entender que o utilizará durante o jogo.

“O Yesus Cabrera é um bom jogador, mas que vinha parado há algum tempo. A gente precisou fazer um trabalho principalmente visando a força desse atleta. Ele tem muita técnica, participa muito do jogo, com qualidade. Ele aproxima sempre, tem o toque curto, mas também tem o último passe. É um jogador extremamente inteligente, aplicado. De início, não vou usá-lo, mas no decorrer da partida pode ser que ele venha a entrar”.

Jorginho deverá repetir formação do último jogo

Além disso, Jorginho lembrou da boa atuação do Cuiabá, no último final de semana, contra o Internacional e deve manter a formação – com quatro volantes de origem – para o duelo contra o Bahia.

“A gente povoou mais o meio-campo. Fortaleceu bastante a parte defensiva, mas gostei também muito da parte ofensiva. Fomos bem efetivos, pisamos na área […]. Me agradou bastante, continuamos muito fortes com as mudanças também, aumentaram nosso poderio ofensivo, com o Osman principalmente. São opções que a gente tem, e isso ajuda muito, porque dependendo do jogo podemos usar estratégias diferentes”.

Por fim, o Cuiabá enfrenta o Bahia, neste sábado (7), tentando se desgarrar do Z4, pela 15ª rodada do Brasileirão, às 21h (horário de Brasília), na Arena Pantanal.

Foto Destaque: Divulgação/Cuiabá

Gerson Nichollas
A escolha do jornalismo veio para unir minha paixão por escrever e também o amor que tenho pelos esportes, principalmente o futebol. Por isso, tenho um blog chamado "Segue la Pelota" para falar sobre esta modalidade. Por outro lado, sou uma pessoa muito comunicativa e acredito que com a minha espontaneidade vou chegar longe na profissão, tendo como maior objetivo trabalhar em frente às câmeras.