Jorge Wilstermann e Athletico-PR se classificam às oitavas pelo Grupo C da Libertadores

Na noite dessa terça-feira (20), teve a definição dos times classificados para a próxima fase da Libertadores 2020. Sendo assim, no Grupo C, Jorge Wilstermann Athletico-PR se garantiram nas oitavas de final. Enquanto isso, o Peñarol conquistou a vaga para a Sul-Americana, e o Colo-Colo foi eliminado. O jogo dos Aviadores contra os Caciques terminou com a vitória dos bolivianos por 1 x 0, o que lhes garantiu liderança do grupo.

Contudo, Peñarol e Athletico-PR protagonizaram um confronto bem movimentado. Dessa forma, os Carboneros derrotaram o time brasileiro pelo placar de 3 x 2, mas não foi o suficiente para se firmar na competição. Os gols foram marcados por Formiliano, Kagelmacher e Britos pelo lado dos uruguaios. Lucho e Richard marcaram pelo Furacão.

Libertadores 2020 – 6ª rodada – Grupo C

Colo-Colo 0 x 1 Jorge Wilstermann

A partida começou com os anfitriões dominando. Assim, os Caciques passaram a ter mais posse de bola e a criar mais chances. Aos 3′, Vejar chutou forte, obrigando o goleiro Giménez  a trabalhar, colocando a bola para escanteio. No entanto, apesar do princípio movimentado, a primeira etapa se resumiu em poucas chances, com os times cometendo muitas faltas, sem entregar qualidade.

Assim, a segunda etapa começou com o time da casa fazendo pressão em cima dos bolivianos. Aos 18′, após um cruzamento desviado na defesa dos Aviadores, Nicolas Blandi cabeceou e a bola passou raspando a trave. Contudo, após a entrada do brasileiro Serginho, os visitantes passaram a crescer no jogo. Dessa forma, aos 43′, após um passe de Arrascaita, Villaroel chutou de fora da área, a bola desviou na defesa chilena e enganou o goleiro Cortés, abrindo o placar. Os Caciques tiveram uma oportunidade com Blandi no final da partida, mas a bola pegou na trave. Portanto, o placar final foi 1 x 0 para o Jorge Wilstermann.

Peñarol 3 x 2 Athletico-PR

O jogo começou agitado, e logo aos 2′, Formiliano empurrou para dentro depois de receber um cruzamento de Martínez. No entanto, o Furacão passou a ter controle da partida mesmo com a desvantagem no placar. Aos 36′, Nikão recebeu um cruzamento dentro da área, dominou, foi para a linha de fundo e cruzou. Dessa forma, a bola chegou para Lucho González, que converteu a chance e igualou o placar. Além disso, o volante Gargano afastou mal e bola caiu para Richard, que arriscou de fora da área, e virou para o Athletico.

Com a desvantagem no placar, os uruguaios foram para cima e passaram a dominar a segunda etapa. Assim, aos 18′, em cobrança de escanteio, Fomiliano desviou, a bola caiu na segunda trave e encontrou Kagelmacher, que chutou forte e empatou a partida. Desta maneira, os Carboneros continuaram a pressionar em busca da virada. Com isso, ela chegou aos 36′, quando Giovanni González, recebeu uma bola na linha de fundo e cruzou de primeira na cabeça de Matías Britos. Assim, o atacante, que veio do banco de reservas, cabeceou sem chances para Santos, virando o placar. Sendo assim, a partida terminou em 3 x 2 para o Peñarol.

Foto destaque: Reprodução/Athletico PR/Twitter

Arthur Brunello
Bacharel em Direito, apaixonado por futebol e cinema. Creio no poder de transformação do esporte, da informação e da cultura.

Artigos Relacionados