Que a pandemia causada pela Covid-19 atrapalhou a vida de muitas pessoas é inegável. Mas, o que não se esperava era que a campanha ruim do Benfica no Campeonato Português desta temporada também fosse culpa do vírus. Pelo menos foi o que disse o técnico Jorge Jesus em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (24).

FALA, JESUS!

 Às vésperas de mais uma rodada da Liga Europa, o treinador do time português conversou com os jornalistas sobre sua suposta saída do clube e a sequência de maus resultados. Nesse sentido, o Mister foi incisivo nas suas palavras ao afirmar que não deixaria o clube.

Além disso, na declaração, Jorge Jesus afirmou que não teve nem especulações sobre não ser mais técnico do Benfica. Além disso, contou se sentir responsável com os atletas, diretoria e com a entidade. Momentos depois, o ex-treinador do Flamengo afirmou que a culpa da sequência ruim do time dentro de campo é da pandemia do novo coronavírus.

“Vou sempre assumir a minha responsabilidade, mas esta crise não tem nada a ver comigo e nem com os jogadores. Diziam que não corriam e não suavam, mas como é que eles podiam? Eles estavam com uma doença (covid-19) que não conseguimos controlar. Depois do jogo contra o Porto, tivemos mais dez infectados, uma equipe técnica vários dias sem dar o treino. Neste momento os jogadores do Benfica precisam de carinho e não de dúvida” , disse Mister, deixando claro que não pensa em deixar os Encarnados.

CAMPANHA RUIM

Esta é a pior temporada do clube desde 2008. O Benfica ocupa, neste momento, a quarta colocação do Campeonato Português, com 39 pontos, sendo 11 vitórias, seis empates e três derrotas em 20 rodadas disputadas. Todavia, no último final de semana, o clube empatou em 0 a 0 com o Farense, décimo quinto colocado na tabela. O jogo foi fora de casa e o resultado deixou o Benfica a 15 pontos do líder, Sporting.

A próxima partida será nesta quinta-feira (25), às 14h55 (horário de Brasília), no estádio Karaiskákis, na Grécia, contra Arsenal, jogo de volta da Liga Europa. As equipes empataram em 1 a 1 no primeiro confronto e com isso o time inglês possui a vantagem do gol marcado fora de casa. Dessa forma, o Benfica precisa ganhar ou empatar por dois ou mais gols para se classificar.

Foto destacada: Reprodução/Yahoo Esportes

Carolina Marçal
Carolina Marçal
Eu sou a Carol, mineira, tenho 24 anos e sou apaixonada por esportes, músicas, livros e cultura. Esses foram os principais fatores que me levaram a querer ser jornalista. Levar a informação, conversar com as pessoas, sempre me desafiar a ir além do que eu já sei, sair sempre da minha zona de conforto. Desde muito tempo, eu já sabia que o jornalismo era a minha profissão para a vida toda. Depois que entrei na faculdade e passei a conhecer melhor o curso, minha certeza só aumentou. O jornalismo envolve tudo que eu adoro: diálogo, curiosidade, esporte, cultura, informação e envolvimento com o público. É muito bom debater com as pessoas e saber os diferentes pontos de vista que sempre agregam o caráter e a personalidade de alguém. A cada dia que passa, sinto que escolher a profissão foi uma das escolhas mais certeiras que fiz até hoje. O jornalismo, para mim, vai além de escolher uma área. O jornalismo é paixão pela vida!

Deixe uma resposta