Jogadores vão à casa de fundador de organizada para… Agradecer

Uma das célebres frases do folclore do futebol é “jogador joga, treinador treina, diretoria dirige e torcedor torce”. Mas lá em Portugal, os papeis de torcedor e jogador se inverteram. Para mostrar agradecimento ao apoio recebido das arquibancadas, seja na vitória ou seja na derrota, os jogadores do modesto FC Famalicão, decidiram incorporar o espírito de seus ultras.

Os jogadores, técnico e parte da comissão técnica da equipe que joga a 2° Divisão Portuguesa, decidiram surpreender Paulo Silva, o fundador da torcida organizada “Fama Boys” em sua própria casa, no meio da noite, entoando cânticos, erguendo cachecóis e acendendo até mesmo sinalizadores.

No vídeo, o técnico Daniel Ramos aparece entre os jogadores, e é quem presenteia o fundador da organizada com um cachecol, enquanto o capitão da equipe, Chico, aparece com um megafone regendo os companheiros.

O objetivo desta iniciativa foi agradecer o apoio que recebem das arquibancadas, ao longo de todo o campeonato. Mesmo após três derrotas seguidas, o clube ocupa a 5° colocação da Segunda Liga, com 68 pontos, mantendo vivo o sonho do acesso à primeira divisão.

O futebol é feito de momentos como esse. A paixão une torcida e jogador. E nesses clubes menores, de divisões inferiores, longe dos brilhantes palcos dos maiores torneios do mundo, é que ainda respira, vive e se fortalece, o “futebol paixão”. O futebol que aprendemos a amar.

LINK DO VÍDEO QUE ESTÁ NO FACEBOOK DO CLUBE:

https://www.facebook.com/FCFamalicao/videos/1089021311139332/

Avatar

Sobre Miguel Deak

Miguel Deak já escreveu 23 posts nesse site..

Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

BetWarrior


Poliesportiva


Avatar
Miguel Deak
Entusiasta do futebol moderno mas sem esquecer de sua época romântica, começou tarde nesse esporte ludopédio. Aos 13 anos "descobriu" o futebol Europeu após assistir um Sevilla x Barcelona, em 2003, e se tornou ,desde então, apaixonado pelo esporte bretão, com um carinho especial pelo time da Catalunha. VISCA EL BARÇA! Amante do 4-3-3 mas que respeita a decisão de quem prefere o 4-4-2, não admite que profissionais batam escanteio a meia altura e detesta lateral cobrado na área.

    Artigos Relacionados

    Topo