Ismaily

Depois de dois meses de paralisação devido a quarentena e estabilização dos casos de Covid-19, a bola voltou a rolar no último final de semana na Ucrânia. Embora que para acontecer esse retorno, os clubes tiveram que realizar testes e exames para detectar a presença da doença antes de retornar aos treinos.

O jogo da retomada teve clássico. Assim, o Shakhtar Donetsk recebeu o arquirrival Dínamo de Kíev e fez valer o mando de campo, ganhando por 3 x 1. Lembrando que a equipe dos donos da casa é cheia de brasileiros, entre eles, o lateral-esquerdo Ismaily. Ele falou sobre a volta do futebol e explicou sobre os protocolos adotados pelo clube.

“Foi um jogo realmente diferente. Depois de alguns meses sem jogos oficiais, retornamos contra o nosso maior rival, sem torcedores e com muitos protocolos. Sem dúvidas foi estranho. Obviamente que preferíamos jogar em outras condições, mas o momento nos impede e temos que nos adaptar e cumprir todos as recomendações”, afirmou Ismaily.

Dessa forma, diante do triunfo sobre o Dínamo, o Shakhtar abriu vantagem na liderança e busca seu tetracampeonato. No momento, são 16 pontos à frente do Zorya, que é o 7º colocado e seis pontos em relação ao FC Dnipro, 2º na tabela. O brasileiro destacou a importância da vitória sobre o maior rival:

“Após uma longa paragem e sem estarmos nas condições físicas ideais, foi muito importante retornar com uma vitória e aumentar para 16 pontos nossa vantagem. Devemos nos manter concentrados para evitar tropeços nessa reta final da competição e conseguirmos o título nessa temporada que foi singular”.

Foto Destaque: Reprodução/Shakhtar Donetsk

Redação FNV
Um site destinado ao esporte que corre na veia da maioria dos brasileiros: O futebol! No nosso site você encontra tudo sobre o futebol, tanto nacional, quanto internacional, além de poder acompanhar nossos palpites e análises para os jogos da semana e as belas musas

Artigos Relacionados