Jesús Trindade renova com o Peñarol até o fim de 2022

- O jogador, junto ao clube, viviam um impasse sobre a renovação
Jesús Trindade

Nesta sexta-feira (8), o Peñarol anunciou a renovação do contrato de Jesús Trindade. Antes de mais nada, o atleta estava dificultando o acordo. O jogador tinha interesse em jogar na Europa, ou em outros países da América do Sul, mas nenhum time mostrou um grande interesse. O uruguaio chegou em 2018 no Carboneros.

O IMPASSE

Após um ano de 2020 muito bom, onde Jesús atuou em 28 jogos, marcou um gol e deu uma assistência, o meio-campista olhava com bons olhos a ida para o velho continente. Contudo, nenhuma oferta concreta chegou ao uruguaio. Com isso, a renovação vivia um impasse enorme.

O jogador chegou a faltar nos treinos. Inesperadamente, na terça-feira (5), Trindade não apareceu no treinamento. Mauricio Larriera, o novo técnico do clube, não entendeu a falta de comprometimento do atleta.

SITUAÇÃO DO CLUBE

Por outro lado, o clube estava fazendo grandes esforços para manter o elenco do ano anterior. A ideia era continuar forte no fim da atual temporada. A renovação era algo muito importante. A versatilidade do camisa 21 tornou-o um dos principais nomes do elenco.

Sobre a situação do atleta Jesús Trindade, a diretoria do Mirasoles disse que “era um contrato que possuíamos há algum tempo e ele avançou e cresceu muito como jogador no Peñarol”. Ainda assim, Jesús faltou a mais alguns dias de treino.

PROBLEMA RESOLVIDO

Enfim, na última sexta-feira (8), tudo foi resolvido. O Peñarol anunciou que renovou o contrato do uruguaio até o fim de 2022. Assim, o jogador, de 27 anos, parecia muito feliz com o acordo e estava treinando normalmente junto com os companheiros de time.

Por outro lado, o clube agora precisa resolver mais alguns problemas. Gary Kagelmacher também vive um impasse para renovar o contrato. Facundo Torres, outro atleta, é o 2° jogador que ainda não renovou o seu contrato. O presidente Ignacio Ruglio está conversando com o representante do atleta de 20 anos. Em conclusão, mesmo com esses problemas, é nítido que o Peñarol mostra interesse em manter os mesmos jogadores.

Foto Destaque: Divulgação/Peñarol

Caio Henrique de Oliveira
Caio Henrique de Oliveira
Eu escolhi jornalismo simplesmente por amar futebol. Desde 2016 eu tenho essa vontade de ser jornalista e trabalhar com esse esporte. Eu já trabalhei durante três anos em uma rádio aqui da minha cidade, lá eu fazia um programa de música e também um programa esportivo. Meu objetivo é trabalhar fora, possivelmente na Europa falando sobre o futebol europeu. Minha personalidade é de estar de bom humor na maioria do tempo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Topo