J-League: Nagoya, Hiroshima e Sagan Tosu vencem na rodada

- 28ª rodada do Campeonato Japonês contou com expulsão do brasileiro Leandro Pereira
J-League: Nagoya, Hiroshima e Sagan Tosu vencem na rodada

A 28ª rodada da J-League contou com partidas importantes que aconteceram no sábado (21). A saber, em um dos confrontos o Kashiwa Reysol enfrentou o Sagan Tosu em casa. O plantel tentou o triunfo, contudo os visitantes venceram por 2 X 1. Além disso, o Cerezo Osaka recebeu o Sanfrecce Hiroshima. Na ocasião, a equipe não conseguiu marcar gols e deixou a vitória com os adversários. Finalmente, o Nagoya Grampus se deu bem na partida disputada em casa. Sendo assim, diante do Shonan Bellmare, a equipe venceu por 3 X 1.

J-LEAGUE – 28ª RODADA

KASHIWA REYSOL 1 X 2 SAGAN TOSU

Kashiwa Reysol e Sagan Tosu se enfrentaram em partida da 28ª rodada. Sendo assim, a disputa contou com um 1º tempo pouco movimentado. Com os dois times na retranca, nenhum dos lados conseguiu sair para o jogo. Por outro lado o 2º tempo foi mais disputado. Assim, logo nos primeiros minutos da etapa, o Sagan Tosu abriu o marcador.

A saber, o gol do Tosu foi originado a partir do erro cometido pelo goleiro do Reysol, Seung-Gyu Kim. Na ocasião, o arqueiro deu saída jogando com os pés. Entretanto, a redonda achou os pés do jogador da equipe adversária. Logo, Yuta Higuchi segurou a bola até a entrada da área. Posteriormente, o Higuchi entregou para Daichi Hayashi converter o 1º gol do jogo. Ademais, o 2º não demorou para aparecer. Após uma primeira tentativa que parou no defensor adversário, Fuchi Honda, conseguiu ampliar o placar. Finalmente, nos últimos minutos de partida, Michael Olunga recebeu a bola de Hiroto Goya, e marcou o único gol do Kashiwa no jogo da J-League.

Cerezo Osaka 0 X 1 Sanfrecce Hiroshima

A 28ª rodada do Campeonato Japonês também contou com o confronto entre Cerezo Osaka e Sanfrecce Hiroshima. Na ocasião, a partida começou bem disputada. Aos 23′ de bola rolando, após uma jogada que começou no campo de defesa, a redonda encontrou Leandro Pereira sozinho e bem posicionado no setor inimigo. Assim, o jogador brasileiro acertou um belo chute e abriu o marcador a favor do Hiroshima. A saber, na sequência, o autor do único gol da partida foi penalizado com cartão amarelo.

Sendo assim, ainda no 1° tempo o Sanfrecce continuou pressionando os anfitriões na tentativa de ampliar o placar. Contudo, a equipe de Hiroshima não conseguiu fazer muito. Posteriormente, na volta das equipes aos gramados, o Cerezo resolveu partir para o tudo ou nada. Dessa forma, a equipe de Osako acionou sua arma de ataque contra os visitantes. Sem dúvida o maior destaque da partida, Leandro Pereira, ao cometer nova falta e receber o segundo amarelo, foi expulso do jogo. Por fim, mesmo ameaçador, o Cerezo não conseguiu achar o caminho do gol e a partida terminou com a vitória do Sanfrecce Hiroshima.

Nagoya Grampus 3 X 1 Shonan Bellmare

A partida entre Nagoya Grampus e Shonan Bellmare contou com muitos gols. A saber, logo aos 11′ de jogo, a estrela do brasileiro Mateus brilhou. Assim, o jogador acertou um belo chute de longe. Contudo, na sequência, Nakagawa cobrou escanteio e a bola sobrou para Saka mandar de cabeça. Tudo igual.

Posteriormente, o 2° tempo começou intenso com o ataque insistente dos dois lados. Contudo foi o Nagoya que conseguiu mudar o rumo da partida. Sendo assim, nos primeiros minutos, a bola encontrou o jogador Maeda. Na ocasião, o jogador se complicou com a marcação acirrada dos defensores do Bellmare é resolveu tocar mais atrás para Abe. Assim, ele acertou um chute bem colocado e ampliou para seu plantel. Finalmente, para fechar a partida, Mateus se apresentou novamente. Na oportunidade, o jogador cruzou na entrada para Xavier concretizar a jogada e vencer a partida na J-League.

Foto Destaque: Divulgação/Nagoya Grampus

 

 

BetWarrior


Poliesportiva


Dara Oliveira
Dara Oliveira
Sou Dara Oliveira, estudante de Jornalismo. Orgulhosamente do Norte do Brasil. Me considero uma contadora de histórias. A paixão pelo jornalismo começou ainda na infância, na mesma época que o futebol passou a ser parte importante da minha jornada. Tudo que envolve o mundo esportivo me desperta curiosidade. Eu acredito no poder do esporte como instrumento de inclusão social.

    Artigos Relacionados

    Deixe uma resposta

    Topo