Após quase ser vendido antes do início da atual temporada para um grupo saudita, o Newcastle agora tem um novo interessado. Em entrevista ao jornal inglês “The Athletic”, o magnata estadunidense, James Pallotta, afirmou que deseja adquirir um clube da Premier League e que os Magpies aparecem como oportunidade interessante.

“Acho que se há um lugar que faz sentido para mim é a Premier League. É muito difícil para um americano – e acho que realmente fizemos muitas coisas boas – mas acho que é difícil em muitos países lidar com as coisas culturais, todos os tipos de coisas. Existem apenas todos os tipos de variáveis. Acho que há times interessantes na Premier League que têm uma grande história e seria bom vê-los voltando a isso. Os Newcastles do mundo. Ótima base de fãs”, afirmou o empreendedor.

Pallotta possui uma empresa de investimento chamada Raptor Group. Assim, além de investir no futebol, o magnata também assume o papel de investidor no Boston Celtics, maior campeão da NBA ao lado do Los Angeles Lakers.

Ademais, no ramo do futebol, o americano esteve à frente da Roma, da Itália, até vender o clube por 533 milhões de libras em 2020. Em 2012, o empresário assumiu o papel de presidente do clube, mas desde 2011 já fazia parte da cúpula diretória dos Giallorossi.

Antes do início da atual temporada do futebol europeu, o Newcastle esteve perto de ter sua compra efetuada por um fundo árabe. Contudo, o processo demorado para a aprovação da liga inglesa e a pandemia do novo coronavírus fizeram os sauditas recuar. Desse modo, o clube segue com a presidência do controverso Mike Ashley. De acordo com a imprensa inglesa, o atual dono dos Magpies deseja vender o time por cerca de 300 milhões de libras.

Foto Destaque: Divulgação/Newcastle

Renan Liskai
Renan Liskai
Muito prazer! Sou Renan Liskai, paulista, natural de Santo André. Desde 1998 falando, respirando, sorrindo, chorando e enlouquecendo por futebol. A vida de goleiro não deu certo, mas o jornalismo sempre esteve ali. Descobri que se não podia estar dentro de campo ou das quadras, eu poderia estar do lado de fora, mas sempre vivendo tudo isso. Sou daqueles que não perde um jogo de futebol por nada, seja ele qual for. Costumo dizer que esse esporte é assunto mundial e que não há uma pessoa no mundo que nunca tenha falado sobre tudo que acontece dentro e além das quatro linhas. Assim como todo mundo, carrego uma história e experiências. Sou filho, irmão, neto, amigo e sempre serei um eterno aprendiz dessa vida.

Deixe uma resposta