Andrés Iniesta e Fernando Torres estreiam com derrota no Japão

A rodada do Campeonato Japonês foi marcada pelas ilustres estreias de Andrés Iniesta e Fernando Torres neste domingo (22). O atacante e o meia, que conquistaram as Eurocopas de 2008 e 2012 e a Copa do Mundo de 2010 juntos na Seleção Espanhola, não contaram com a sua sorte ao atuar pela primeira vez na terra do sol nascente. O Vissel Kobe de Iniesta levou um sonoro 3 x 0 do Shonan Bellmare, enquanto o time de El Niño foi derrotado por 1 x 0 pelo Vegalta Sendai.

J-LEAGUE – 17ª RODADA

Nagoya Grampus 0 x 0 Sanfrecce Hiroshima

Um jogo truncado, com 25 faltas. O líder do campeonato arriscou mais chutes ao gol, mas a equipe do ex-corintiano teve mais precisão nos passes e posse de bola. 54% contra 46% do primeiro colocado. O futebol apresentado no estádio de Toyota não encheu os olhos da torcida presente. O time de Hiroshima se mantém na ponta da tabela com 41 pontos. Já o Nagoya permanece na lanterna, com míseros 10 pontos.

F. C. Tokyo 5 x 2 Yokohama Marinos

Resultado que premiou a equipe que teve mais precisão nos chutes a gol no primeiro tempo, apesar de errar muitos passes e cometer mais faltas. Os visitantes tiveram bastante posse de bola, 73% contra 27%. Os donos da casa foram para o intervalo com a fatura praticamente liquidada, um sonoro 3 x 0 com gols da sensação japonesa Kosuke Ota, do brasileiro Diego Oliveira e de Sotan Tanabe. Na segunda etapa os jovens Keigo Higashi e Makoto Okazaki completaram o massacre: 5 x 0. O time de Yokohama descontou com o português Hugo Vieira e Kota Yamada. O F. C. Tokyo chegou aos 34 pontos e continua vice-líder, enquanto o Yokohama Marinos caiu para a décima terceira posição, com 20 pontos.

Kawasaki Frontale 1 x 0 V-Varen Nagasaki

Primeiro tempo pavoroso. Resultado justo para a equipe que mostrou superioridade em todos os quesitos: chutes, passes e posse de bola. O gol só foi sair na etapa final com Yu Kobayashi. O Frontale chegou aos 33 pontos na terceira colocação, enquanto o Nagasaki é o primeiro fora da zona de rebaixamento, com 17.

Cerezo Osaka 1 x 1 Urawa Reds

O time da casa dominou a primeira etapa. Os visitantes comandados pelo brasileiro Oswaldo de Oliveira foram mais precisos nos arremates a gol, passes e 59% de posse de bola contra 41% do adversário. O placar no Estádio Nagai foi aberto por Toshiyuki Takagi aos 8 minutos do primeiro tempo. O habilidoso Shinzo Koroki igualou na etapa final. A equipe de Osaka é a quarta colocada com 27 pontos, já os Reds ocupam a décima segunda colocação, com 21.

Consadole Sapporo 0 x 0 Júbilo Iwata

Outro jogo fraco tecnicamente. Os donos da casa almejavam subir para o terceiro lugar com uma vitória, mas permanecem em quinto, com 27 pontos, enquanto os visitantes estão na nona posição, com 23.

Vissel Kobe 0 x 3 Shonan Bellmare

A torcida que compareceu ao estádio preparou uma grande festa para a tão aguardada estreia do ídolo espanhol Andrés Iniesta, só esqueceu de combinar com os visitantes, que chutaram 3 vezes no gol e marcaram em todas. O time do espanhol teve incríveis 71% de posse de bola contra 29% do adversário. O meia, que disputou sua quarta Copa do Mundo na Rússia, entrou aos 13 do segundo tempo, atuando por 30 minutos e não teve como evitar o revés. Os gols foram de Keisuke Saka, Mitsuki Saito e Shunsuke Kikuchi. O Shonan Bellmare se afasta da posição de perigo na J-League, chegando aos 22 pontos e subindo para a décima primeira colocação. O Vissel Kobe, após estrear sua contratação de peso, estaciona na sexta posição, com 25.

Sagan Tosu 0 x 1 Vegalta Sendai

O ídolo espanhol Fernando Torres, conhecido como El Niño, estreou, mas a situação de sua equipe permanece caótica. Em uma partida de primeiro tempo monótono, os donos da casa arriscaram mais chutes a gol, foram mais precisos nos passes e tiveram 56% de posse de bola contra 44% do time visitante. Torres entrou aos cinco minutos da etapa final e teve chance uma grande chance para marcar, mas o goleiro Kentaro Seki defendeu sua cabeçada, com Takuma Nishimura marcando o gol da vitória no final da partida. O Vegalta Sendai se recupera da goleada sofrida na rodada passada e sobe para a sétima posição, chegando aos 25 pontos. Após estrear, o artilheiro Fernando Torres terá que ajudar seu time a escapar da vice-lanterna que ocupa atualmente, com míseros 14 pontos.

Gamba Osaka 1 x 2 Shimizu S-Pulse

O time comandado por Levir Culpi continua em situação complicada na competição nipônica. A equipe da casa teve uma atuação mais consistente, com mais arremates ao gol, precisão nos passes e 63% de posse de bola contra 37% dos visitantes, que contaram com uma penalidade convertida por Koya Kitagawa na primeira etapa para abrir o placar. O brasileiro Douglas marcou o segundo aos 20 do segundo tempo. O sul-coreano Hwang Ui-jo descontou aos 30′. Atualmente o Shimizu S-Pulse está com 24 pontos, subindo para o oitavo lugar. Já a equipe do treinador brasileiro continua na décima sexta colocação, na zona de rebaixamento, com 15 pontos.

Kashima Antlers 6 x 2 Kashiwa Reysol

Melhor partida da rodada. A histórica equipe de Zico relembrou os tempos do Galinho de Quintino em campo, com eficiência nos chutes a gol e precisão nos passes. Os visitantes só mostraram superioridade na posse de bola: 52% contra 48%. O jovem Yuma Suzuki abriu o placar aos 11′ da primeira etapa, o craque sul-coreano Kim Bo-kyung empatou aos 17′ e Atsutaka Nakamura devolveu a vantagem ao Kashima aos 45. No segundo tempo, Shoma Doi, Hiroki Abe e Koki Anzai completaram a goleada. Ataru Esaka ainda descontou, mas já era tarde. O Kashima Antlers chega aos 22 pontos, na décima posição, enquanto o Kashiwa Reysol cai para o décimo quarto lugar, com 20 pontos.

Renan Silva
26 anos, natural de Osasco. Graduado em Jornalismo pelas Faculdades Integradas Rio Branco. Apaixonado por Esportes e Rock n Roll, durante a infância jogou Futebol de Salão e na adolescência praticou Artes Marciais. Sempre teve gosto pela leitura, sendo um fã assíduo das revistas TATAME e PLACAR (da qual possui coleção até hoje).

Artigos Relacionados