Independiente vence Atlético Tucumán

Na noite desta quinta-feira (29), o Independiente recebeu o Atlético Tucumán pela 2ª fase da Copa Sul-Americana. O confronto entre as equipes aconteceu no Estádio Libertadores da América. Vale lembrar que foi o primeiro jogo oficial entre os clubes depois de meses parados por conta da pandemia. Sobre o jogo, Silvo Romero marcou de pênalti e garantiu a vitória para o Rei de Copas pelo placar de 1 x 0. O Gigante do Norte estava com menos em campo, pois Carrera foi expulso no início da etapa final. Com o triunfo, o Rojo tem a vantagem do empate na próxima partida.

1º TEMPO

À primeira vista, o Atlético Tucumán foi melhor nos minutos inicias. Fazendo pressão no campo adversário e ficando a maior parte do tempo com a bola. Mas quem chutou primeiro foi o Independiente aos 13′ com Velasco. Depois do levantamento dentro da área, o atacante pegou o rebote, e de primeira, chutou por cima do gol. Dessa forma após o lance, o jogo voltou a ficar morno. Aos 25′  pelo lado esquerdo do campo, o Rei de Copas conseguiu um pênalti.

Martínez fez a jogada e caiu dentro da área. Os jogadores do Gigante do Norte ficaram na bronca, mas como não tem VAR, o juiz confirmou. Silvio Romero cobrou e converteu abrindo o placar. Logo depois de sofrer o gol, os visitantes tomaram conta total do jogo.  Aos 31′ Lucas Melano, livre de marcação, recebeu dentro da área e chutou de primeira obrigando o goleiro fazer a defesa. Com o Rojo recuado, o Tucumán teve a última chance clara de gol aos 43′ com Toledo. Lotti fez o pivô tocando para o atacante que, na marca do pênalti, chutou por cima.

2º TEMPO

Igualmente o início do primeiro tempo, na etapa final o Tucumán foi melhor no começo. Buscando o empate para o jogo de volta, os visitantes fizeram pressão no Rei de Copas. Mas aos três minutos, o jogo mudou para o Gigante do Norte. Carrera levou o segundo amarelo depois de uma falta forte em Hernández e foi expulso. Depois disso, o Independiente tomou conta do jogo.

Aos sete minutos Menéndez chutou cruzado obrigando o goleiro se esticar para fazer a defesa. A única vez que o Tucumán chegou com perigo ao gol adversário foi aos 10′ com Melano depois de um chute fora da área. A bola quicou e Sosa espalmou para fora. Depois disso, só deu Rei de Copas. Aos 25′ Menéndez chutou de fora. Mas só aos 31′ que os donos da casa quase ampliaram com Hernández. O meia fez uma boa jogada driblando três e chutou na entrada da área. A bola passou raspando a trave. Mesmo com vantagem numérica, o Independiente não conseguiu fazer outro gol.

INDEPENDIENTE X ATLÉTICO TUCUMÁN – E AGORA?

Com a vitória, o Rojo tem a vantagem do empate no jogo de volta. Além disso, se marcar fora de casa pode perder até por um gol de diferença. Por outro lado, o Gigante do Norte precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para se classificar direto. Se o Tucumán repetir o placar do jogo de ida, a decisão será decidida nos pênaltis. Por fim, as equipes voltam a se enfrentar pela Sul-Americana na próxima quinta-feira (5), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Monumental José Fierro.

MELHORES MOMENTOS – INDEPENDIENTE X ATLÉTICO TUCUMÁN

Foto Destaque: Twitter @independiente

Gabriel Gonçalves
Formado em jornalismo, escolhi esse caminho pois gosto de contar histórias para as pessoas. Apaixonado por esportes, agradeço ao meu avô por ter colocado o futebol na minha vida.

Artigos Relacionados