Ídolo tricolor, Marcelo Ramos se despede do Bahia onde comandava as divisões de base

O Bahia segue o seu processo de reformulação para esta temporada. Dessa forma, o ex-atacante e ídolo do Esquadrão, Marcelo Ramos, anunciou em seu instagram que não ficará mais no clube. O mesmo estava comandando as equipes sub-13 e posteriormente o sub-14 do Tricolor e teve seu contrato encerrado. Em seu texto, agradeceu ao Esporte Clube Bahia por todo o apoio, amor e carinho desde os tempos de atleta.

Queria agradecer a todos pelo período que passei na base do clube que me formou como atleta e cidadão. E queria agradecer principalmente a todos os atletas do sub-13/14 que me fizeram voltar a me emocionar com o futebol depois de tantos anos“, escreveu Marcelo Ramos nas suas redes sociais.

Marcelo Ramos, um artilheiro nato

Além do mais, Marcelo está no TOP 6 de maiores artilheiros da história do Bahia com 128 gols. Oriundo da base do Esquadrão de Aço tem todo o respeito do torcedor tricolor. Vale recordar, que o ex-atleta estava trabalhando no clube desde 2020, após substituir um outro ex-tricolor, Paulo Isidoro. Logo, após a queda para a Série B, Guilherme Bellintani e companhia tem feito demissões no clube em consequência da queda. Em 2022, o clube viu o seu orçamento cair para 76 milhões de reais.

Ainda assim, Marcelo Ramos é um dos grandes artilheiros do futebol brasileiro em apenas 20 anos de carreira. Assim sendo, ele soma 457 tentos marcados. Sobretudo, teve duas passagens pelo time tricolor, a primeira de 1991 a 1994, com três títulos baianos conquistados no período e a segunda passagem em 2008. Além do ECB,  atuou no Cruzeiro-MG, PSV-Holanda, Palmeiras-SP, São Paulo-SP, Nagoya Granpus-Japão, San Frecce Hiroshima-Japão, Corinthians-SP, Vitória-BA, Atlético Nacional-Colômbia, Atlético Goianiense-GO, Santa Cruz-PE e Atlético-PR.

Por fim, o Carrasco dos Ba-Vi's conquistou o Campeonato Baiano de 91, 93 e 94 pelo Tricolor da Boa Terra.

Foto destaque: Divulgação/Bahia

Caio Santos

Deixe um comentário