Ibracadabra!

Nesta semana Ibrahimovic mostrou ao mundo que não é um jogador em decadência. Mais do que isso, fez questão de deixar claro que não é um jogador que se esconde em jogos decisivos. Na quarta-feira, em pleno Stamford Bridge, o camisa 10 do PSG comandou o time, serviu Rabiot no primeiro gol e marcou o segundo gol da partida que classificou o time francês às quartas de final da Liga dos Campeões.

Na manhã deste domingo, contra o Troyes, também fora de casa, Ibrahimovic marcou quatro gols, isolou-se ainda mais na artilharia do campeonato francês – com 27 gols – e contribuiu para o título do PSG com oito rodadas de antecedência.

Mas na zona mista, o sueco deixou em aberto sua permanência no clube francês para a próxima temporada. Ao ser perguntado sobre seu futuro, Ibrahimovic foi contundente.

– Se eles substituírem a Torre Eiffel por uma estátua minha, fico no PSG. Por enquanto, não estarei no Paris Saint-Germain na próxima temporada – disse o camisa 10 ao canal “BEIN Sports”.

O destino de Ibrahimovic é uma incógnita. Recentemente o jogador elogiou a estrutura da liga americana, foi especulado pela imprensa chinesa como próximo reforço de peso da liga nacional, mas também é cotado em grandes clubes do futebol europeu.

O Milan sinaliza o desejo de repatriar o jogador, que já defendeu as cores dos rossoneri entre 2010 e 2012. Por fim, nesta semana, o nome de Ibrahimovic apareceu como prioridade do Manchester United para a próxima temporada.

Estando no PSG ou não, Ibrahimovic sempre chamará a atenção pelo poder de decisão, lindos gols e declarações polêmicas.

 

André Siqueira Cardoso
André Siqueira Cardoso
Sou André Siqueira Cardoso, tenho 21 anos. Aluno de jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), atualmente trabalho em VEJA, com a cobertura do noticiário político. Apaixonado por esportes, jogador de futebol até hoje, tenho o sonho de cobrir uma Copa do Mundo.

Artigos Relacionados

Topo