Sergiño Dest concorre ao prêmio de melhor jogador norte-americano de 2020

Destaque no Ajax em 2019/2020, Sergiño Dest se transferiu ao Barcelona na atual temporada. Assim, o lateral-direito vem ganhando oportunidades e se destacando na equipe titular. Dessa maneira, o atleta concorre ao prêmio de melhor jogador norte-americano de 2020. Contudo, ele é o único defensor entre os seis nomeados. O ganhador será revelado na sexta-feira (18).

Junto ao jovem culé, Tyler Adams  (RB Leipzig), Weston McKennie  (Juventus), Jordan Morris  (Seattle Sounders),  Christian Pulisic  (Chelsea) e  Gyasi Zardes  (Columbus Crew) também concorrem ao prêmio. Dessa forma, a votação iniciará nesta quinta-feira (10) e terminará na próxima quarta-feira (16). Assim, os votos não serão abertos ao público. Apenas técnicos da seleção dos Estados Unidos, jogadores que atuaram pelo menos uma vez defendendo o país no ano, treinadores da MLS, entre outros, poderão votar.

Em 2019, quando ainda fazia parte do plantel do Ajax, o lateral-direito recebeu o prêmio de melhor jovem jogador norte-americano do ano. Assim, o Barcelona se interessou pelo atleta e desembolsou 21 milhões de euros (pouco mais de R$ 130 milhões) para poder contar com o defensor.

Pelos Culés, Sergiño Dest entrou em campo em 12 oportunidades na atual temporada. Dessa forma, balançou as redes uma vez. Segundo o site “transfermarkt“, o valor de mercado do jogador gira em torno de 20 milhões de euros (cerca de R$ 124 milhões). O norte-americano possui vínculo com o Barça até junho de 2025.

O Barcelona entra em campo no próximo domingo (13) diante do Levante, no Camp Nou, pela La Liga. Assim, a equipe blaugrana busca embalar e brigar na parte de cima. Os catalães ocupam a 9ª posição da competição.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Bruno Reis
Prazer! Sou Bruno Reis, de Santo André, ABC paulista. Desde 2001 vivo, choro e sorrio por futebol. Costumo dizer que este esporte nunca será qualquer um, ele muda e transforma vidas, como fez com a minha. Próximo do término do ensino médio, me senti perdido, me perguntava qual seria meu rumo a partir dali. Apesar de não ter dado certo dentro de campo, percebi que tinha chegado a hora de viver do futebol fora dos gramados, como jornalista. Hoje não me vejo longe dessa profissão, virou minha paixão. O que mais amo fazer é escrever e viver dele com todas as minhas forças.
Você está aqui
Futebol Na Veia > Futebol Europeu > Espanhol > Sergiño Dest concorre ao prêmio de melhor jogador norte-americano de 2020

Artigos Relacionados