Lucas Vázquez diz “não” à proposta de renovação do Real Madrid

- Os Merengues propuseram uma redução salarial de 10%, algo que não agradou o atleta
Lucas Vázquez diz "não" à proposta de renovação do Real Madrid (Foto Destaque: Divulgação/Real Madrid)

O Real Madrid segue em busca de renovar os contratos de seus principais jogadores, que se encerram em 2021. Assim, como Sergio Ramos, o vínculo de Lucas Vázquez termina no atual ano. Dessa forma, os Merengues procuraram o atacante e propuseram mais três temporadas e uma redução salarial de 10% ao atleta. Embora o espanhol esteja feliz e queira continuar nos Madridistas, a proposta não agradou, tanto a ele quanto ao seu staff. Dessa maneira, disseram “não”, inicialmente, ao clube.

No início da temporada, Lucas Vázquez já havia perdido espaço no elenco madridista. Dessa forma, o espanhol não fazia mais parte dos planos de Zidane. Entretanto, com as contusões de Carvajal e Odriozola, o atleta foi promovido a lateral-direito e agradou o comandante. Assim, o jogador se tornou um jogador-chave para Zinedine.

No último sábado (2), o Real Madrid enfrentou o Celta de Vigo e Lucas foi o destaque da partida. Assim, o espanhol fez gol e deu assistência. Com isso, os Merengues venceram por 2 x 0. Entretanto, após o duelo, Vázquez deixou claro sua insatisfação com a proposta feita pela diretoria do clube.

Vamos ver isso, não depende só de mim. É preciso ver o que acontece”, disse o atleta. “É uma questão de dois“, completou.

Jogador formado pelo Real Madrid, o vínculo do espanhol com os Merengues se encerra em junho de 2021. Assim, o valor de mercado do atleta gira em torno de 15 milhões de euros (cerca de R$ 97 milhões). Desde a temporada 2015/16 na equipe principal, Lucas Vázquez entrou em campo em 225 oportunidades, balançando as redes 26 vezes.

Foto Destaque: Divulgação/Real Madrid

Bruno Reis
Bruno Reis
Prazer! Sou Bruno Reis, de Santo André, ABC paulista. Desde 2001 vivo, choro e sorrio por futebol. Costumo dizer que este esporte nunca será qualquer um, ele muda e transforma vidas, como fez com a minha. Próximo do término do ensino médio, me senti perdido, me perguntava qual seria meu rumo a partir dali. Apesar de não ter dado certo dentro de campo, percebi que tinha chegado a hora de viver do futebol fora dos gramados, como jornalista. Hoje não me vejo longe dessa profissão, virou minha paixão. O que mais amo fazer é escrever e viver dele com todas as minhas forças.

Artigos Relacionados

Topo