A pedido de Antonio Conte, Isco entra na mira da Inter de Milão, diz jornal (Foto Destaque: Reprodução/Getty Images)

Na primeira colocação do Campeonato Italiano, a Inter de Milão se movimenta para reforçar seu plantel. Assim, segundo o jornal “Sport“, a pedido de Antonio Conte e sem espaço no Real Madrid, Isco entrou na mira do clube. Contudo, os Nerazzurris ainda devem dinheiro aos Merengues após a contratação do lateral-direito Hakimi. Dessa forma, este aspecto pode dificultar as negociações.

Após grande números de desfalques no Real Madrid, Isco vem sendo utilizado com frequência por Zidane. Entretanto, conforme a baixa de atletas, o espanhol é visto como um “tapa buraco” da equipe. Além disso, como seu contrato se encerra em junho de 2022, o meio-campista pode deixar os Madridistas por um pequeno preço. Apesar destes aspectos, devido a dívida com os Merengues, o negócio pode ser melado. Assim, um acordo que gira em torno de 25 a 30 milhões de euros se torna improvável. Diante disso, os italianos tentam diminuir este valor.

Após más aparições pelos Madridistas, Isco perdeu a confiança de Zidane, e, consequentemente, minutos em campo. Além da Inter de Milão, o meia chegou a ser especulado em clubes da Premier League e foi sondado pelo Sevilla, equipe comandada por Julen Lopetegui, fã declarado do espanhol.

Por fim, Isco entrou em campo apenas 20 vezes em 2020/21. Dessa maneira, não balançou as redes. Segundo o site “Transfermarkt“, em 2018, o valor de mercado do atleta girava em torno de 90 milhões de euros. Entretanto, após uma sequência de más temporadas, agora o espanhol vale 20 milhões de euros (cerca de R$ 130 milhões).

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Avatar
Bruno Reis
Prazer! Sou Bruno Reis, de Santo André, ABC paulista. Desde 2001 vivo, choro e sorrio por futebol. Costumo dizer que este esporte nunca será qualquer um, ele muda e transforma vidas, como fez com a minha. Próximo do término do ensino médio, me senti perdido, me perguntava qual seria meu rumo a partir dali. Apesar de não ter dado certo dentro de campo, percebi que tinha chegado a hora de viver do futebol fora dos gramados, como jornalista. Hoje não me vejo longe dessa profissão, virou minha paixão. O que mais amo fazer é escrever e viver dele com todas as minhas forças.