Honda

Keisuke Honda, jogador do Botafogo, que discute diversos temas relacionados à pandemia do novo coronavírus em seu Twitter, teve uma atitude bem nobre e honrosa. Em meio à pandemia do coronavírus, o atleta se disponibilizou a ficar sem receber os vencimentos de março. O motivo seria a falta de treinamentos, jogos e a dificuldade financeira vivida pelo clube no atual momento.

No entanto, o clube carioca teria se recusado. Dessa maneira, quem confirmou isso foi Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê executivo de futebol do Alvinegro, em entrevista ao “Canal do Nicola” no último sábado (9). O presidente até elogiou a postura do jogador, porém não quis dar conversa.

“Ele (Honda) é um exemplo, tem um comportamento extraordinário. Ficou aqui no Brasil, a família dele está no Japão, e ele tem falado mais com o Ricardo Rotenberg (vice-presidente de gestão e marketing do botafogo). Ele comentou: ‘Estou pensando em não receber o mês de março, sei que o clube está em dificuldade, como não teve jogo…' Ele que sugeriu. Nem demos conversa, já que estamos pagando normalmente”.

Todavia, o Botafogo afirma que vai pagar o salário dos jogadores integralmente até o mês de maio, como afirmou o próprio Montenegro, em outras oportunidades. Se as competições continuarem paralisadas, poderá haver uma nova conversa com os jogadores para a negociação de como será feito nos meses seguintes.

Honda faz publicação em seu twitter sobre a redução salarial

Sendo assim, no dia 26 de abril, em seu Twitter, o jogador se pronunciou a respeito da redução salarial nesses tempos de pandemia. Completamente ativo nas redes sociais para causas do tipo, o meio-campista do time alvinegro escreveu sobre o assunto. “Os gerentes devem solicitar imediatamente cortes salariais em ordem decrescente de salário, caso contrário, mais equipes entrarão em colapso e, com isso, os torcedores ficarão tristes”, afirmou.

Foto destaque: André Durão/GloboEsporte.com

Ana Carolina Tavares
Escolhi o jornalismo porque sou apaixonada por esporte e sempre quis trabalhar com isso. Meu objetivo é conseguir trabalhar em algum clube de futebol, ou em alguma empresa esportiva. Sou uma pessoa pró-ativa, comunicativa, boa para trabalhar em equipe

Artigos Relacionados