Homare Sawa: Joo heika do futebol japonês

- A jovem menina que começou a treinar com meninos e se tornou a maior jogadora de futebol do Japão

A coluna Samurais da Bola desta semana apresenta uma das maiores jogadoras de futebol mundial. Além de jogar muito bem Homare Sawa, a ex-atleta enfileira títulos pela seleção, pelos clubes e até mesmo individuais. A atleta é uma referencia quando falamos em futebol feminino no Japão e no mundo.

Nascida em Fuchú, na grande Tóquio, Sawa começou a jogar futebol aos seis anos de idade, quando iria assistir seu irmão treinar. Depois de algum tempo, a menina foi convidada pelo técnico da equipe a começar a treinar com os meninos. Na época com certeza aquela menina jamais imaginou que futuramente iria entrar para a história do futebol feminino.

CARREIRA EM CLUBES

Homare Sawa começou sua carreira no time NTV Beleza e com apenas 12 anos, a menina fez sua estreia como profissional na L-League. A atacante jogou pelo clube por nove temporadas, a cada temporada a atleta se destacava mais. Sawa foi eleita cinco vezes para o melhor 11 da competição (93, 95, 96, 97 e 98), ainda pelo clube marcou 79 gols em 136 partidas, além disso conquistou três títulos pelo clube.

O sucesso no futebol japonês foi tão grande que em 2001 a atacante foi anunciada pelo Atlanta Beat time da primeira divisão dos Estados Unidos. O clube acabava de ser criado e Sawa já entrava para história do clube, sendo a primeira jogadora a marcar um gol pelo clube. Apesar de ser destaque da equipe onde marcou apenas 13 gols em 55 partidas.

Posted by Homare Sawa on Saturday, July 9, 2011

Após uma passagem pelo futebol dos Estados Unidos, Homare Sawa voltou à terra do sol nascente, novamente para defender o NTV Beleza. Com isso, os gols e os títulos também voltaram. Logo no segundo ano, foi eleita a melhor jogadora da Ásia. Ademais, pelo clube conquistou o treta-campeonato de 2005 a 2008, ainda em duas temporadas foi eleita melhor jogadora da competição. Na sua volta foram 47 gols em 85 partidas.

Depois de novamente se destacar no Japão, a atacante voltou ao futebol dos Estados Unidos, dessa vez para defender o Washington Freedom. Contudo a passagem foi bem apagada foram apenas dois anos, onde marcou apenas seis gols em 41 partidas. Ademais, ainda durante a passagem no final da primeira temporada, foi emprestada ao NTV Beleza, lá foram quatros jogos e dois gols, demais no final do contrato jogou novamente pelo NTV onde fez parte da equipe campeã japonesa.

Posted by Homare Sawa on Sunday, July 17, 2011

VOLTA AO JAPÃO E FIM DA CARREIRA

Próximo ao fim da carreira, em 2011, Homare Sawa foi anunciada como reforço do INAC Kobe Leonessa, a equipe contava com outras estrelas do futebol mundial. Pelo clube de Kobe, a atacante conquistou outros três títulos japoneses, além do titulo do Mundial de Clubes. A atacante não era tão artilheira e acabou marcando apenas 12 gols em 94 jogos. Em 2015, entrou em campo pela última vez contra o Albirex Nigata, na final da Taça da Imperatriz, a jogadora fez o seu último gol e garantiu o título para INAC.

Posted by Homare Sawa on Thursday, August 18, 2011

Em toda sua carreira pelos clubes, Homare Sawa disputou um total de 415 jogos e marcou um total de 159 gols. Por fim, quando o assunto é títulos a jogadora somou 11 títulos da L-League, oito conquistas da Taça da Imperatriz, duas Taças da Liga e um Mundial de Clubes.

CARREIRA PELA SELEÇÃO

Assim como nos clubes, Homare Sawa estreou muito jovem pela seleção Japonesa, aos 15 anos teve sua primeira chance. Logo na sua estreia a atacante marcou quatro gols em uma partida contra as Filipinas. Depois debutar com tanta habilidade a jogadora não deixou mais a equipe titular da seleção.

Em 2011 na Copa do Mundo disputada na Alemanha, Homare Sawa ajudou a seleção a conquistar seu único titulo mundial. A jogadora ainda foi eleita a melhor jogadora e artilheira da competição. Posteriormente em 2012, ajudou o Japão a ganhar a medalha de prata nas Olimpíadas, no final daquele mesmo ano, foi eleita a melhor jogadora do mundo. Além destes títulos, ainda conquistou três Taças da Ásia e uma medalha de ouro dos Jogos Asiáticos. 

Ademais, pelas Nadeshiko, Sawa disputou seis edições da copa do mundo feminina, além das últimas quatro olimpíadas. Por fim, durante toda sua passagem, a atacante marcou 81 gols em 201 partidas, entrando para história da seleção japonesa, onde se tornou a jogador com mais jogos e mais gols marcados.

Foto destaque: Reprodução/Homare Sawa

BetWarrior


Poliesportiva


Eddie Toschi
Eddie Toschi
Edwaldo Toschi, bacharel em Direito e especialista em Jornalista esportivo através de cursos ministrados por jornalistas renomados como Alexandre Praetzel, Celso Unzelte, Mário Marra dentro outros. Sou um apaixonado por futebol. Apresentador do canal Sai Que é Sua no YouTube.

    Artigos Relacionados

    Topo