Hernanes

No último domingo (30) São Paulo e Corinthians se enfrentaram pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, com vitória do tricolor por 2 x 1 no Morumbi. Posteriormente, o meia Hernanes, que marcou um belo gol de falta no clássico, falou sobre o jogo e revelou que pensou em deixar o clube.

“Um gol especial, por vários motivos. Principalmente pela vitória, acho que é o mais importante, porque a equipe tem objetivos grandes coletivos, não só individuais. O gol representa muito para mim, porque foi um período muito difícil, de várias incertezas. A vida é maravilhosa, tive a oportunidade de encontrar forças, motivos e razões para voltar a ficar bem, entregar tudo e me entregar de corpo e alma àquilo que sei fazer de melhor”, declarou Hernanes.

Ademais, Hernanes admitiu que Fernando Diniz foi importante na sua decisão de permanecer no São Paulo. O profeta ressalta que seu comandante o deixou tranquilo, apesar do momento conturbado que o clube vinha tendo.

“Eu expus para ele o que estava passando pela minha cabeça e pelo meu coração. Ele foi importantíssimo, porque me deu todo o respaldo, teve paciência, e me disse: ‘Quando você decidir o que quer fazer, fale para mim’. Me deu tempo, todas as condições. Não me forçou a nada, não disse o que eu tinha que fazer, isso é muito importante. Cheguei para ele e disse: ‘Tamo junto!’. Quero ficar aqui, fazer parte do projeto. Me coloquei à disposição total, pode pedir o que você quiser que eu vou dar o máximo para fazer aquilo que você entende que eu deva fazer”, concluiu Hernanes.

Próximo compromisso do tricolor

Em suma, com o triunfo diante do rival, o São Paulo ocupa a segunda colocação do campeonato com 13 pontos somados. Agora, a equipe de Hernanes encara o Atlético-MG nesta quinta (3), no Mineirão, às 20h (horário de Brasília).

Foto destaque: Divulgação/São Paulo F.C

Avatar
Gustavo Silveira
Tenho 21 anos, estou no 6° período de jornalismo e escolhi essa área justamente por conta do esporte. Já tive a vivência nessa área em 2018, quando participei da libertadores feminina que foi sediada na minha cidade. Agi como repórter da beira do campo, participei das coletivas de imprensa, entrevistei jogadoras depois do treinamento e escrevi matérias pós jogo de todos as partidas realizadas. Meu ponto forte é a escrita e me inspiro em pessoas de nome como o Rafael Oliveira que hoje está na DAZN. Não importa o setor, afinal garanto fazer de tudo um pouco desde que seja voltado para o esporte!

Artigos Relacionados