Hebei vence, sobe na tabela e afunda rival no Chinês

Nesta segunda-feira (17), Hebei Fortune e Wuhan Zall jogaram pela 5ª rodada da , pelo grupo B da competição. A partida aconteceu no Suzhou Olympic Sports Centre, em Suzho. A princípio,, as equipes estão bem próximas e em viés de baixa, já que ainda não tinham vencido na competição. Mas o time mandante do dia foi mais eficiente, para conquistar o primeiro triunfo.

1º Tempo

O Hebei resolveu tomar conta do jogo desde o principio. Tanto que na etapa inicial, acabou ficando 57% de posse de bola, e finalizando seis vezes. Após várias tentativas, o time foi premiado com gol, mas somente na reta final. Aos 36 minutos, Turay deu assistência para Ricardo Goulart fazer o primeiro da partida. Mais tarde, aos 45’, Hang Ren foi derrubado na área e juiz marcou pênalti. Marcão foi para a bola e converteu mais um para os donos da casa. Assim, o Hebei foi para o intervalo com 2 x 0 no marcador.

2º Tempo

O TEDA buscou o jogo na volta do intervalo, tomou a bola para si e tentou pressionar o Hebei. Mas, o time da casa ainda finalizava mais e com melhor qualidade. Para o visitante, nem mesmo as substituições foram suficientes para mudar o panorama do duelo. A técnica apurada dos vermelhos levou a melhor, mesmo somente controlando a partida. Dessa forma, o placar permaneceu como terminou o primeiro tempo, com vitória para o Hebei.

E Agora?

Com o resultado, o Hebei Fortune pula para o 5º lugar com cinco pontos, um a menos do que o Shijiazhuang, último time classificado para a próxima fase. Entretanto, o Tianjin TEDA amarga a lanterna do Grupo B, com apenas um ponto e já sofre a pressão contra a degola. Na próxima rodada, o Hebei enfrenta o Wuhan Zall na sexta-feira (21), enquanto o TEDA encara o Qingdao Huanghai no dia a seguinte.

Ruan Silva
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Artigos Relacionados