Havertz deseja se transferir ao Real Madrid.

O futuro de Kai Havertz é uma das maiores incógnitas na próxima janela de transferências europeia. Destaque da Bundesliga, o jogador de 21 anos é cobiçado por diversos gigantes europeus. Entretanto, de acordo com publicação do Sportbuzzer, a joia alemã já teria definido seu destino: o Real Madrid. Assim, ele gostaria de seguir o mesmo caminho de Toni Kroos, considerado um ídolo para Havertz. O Bayer Leverkusen, contudo, já recusou uma primeira proposta do clube espanhol pelo meia-atacante, e deseja vende-lo por um valor de cerca de € 100 milhões.

Os Blancos, segundo o Bild, fizeram uma oferta de € 80 milhões por Havertz recentemente, e tentaram incluir outros dois jogadores na negociação. O Werkself não aceitou, pois já determinou o preço para a transferência de seu jovem craque, além de não ter se convencido com os atletas adicionados na proposta. Fernando Carro, CEO do Leverkusen, disse, ao diário Kölner Stadt-Anzeiger, que muitos clubes demonstraram interesse no jogador, e afirmou: “Temos que tentar encontrar uma solução que esteja de acordo tanto ao desejo do jogador como no nosso. Até o momento, nada pode ser dito com segurança sobre o que vai acontecer”.

Além disso, Havertz, entre diversos times com desejo de contrata-lo, teria escolhido o Real Madrid como prioridade de uma transferência. O meia-atacante tem grande admiração pelo futebol de Kroos, que jogou no Bayer 04 entre 2009 e 2010, antes de ser multicampeão no Bayern de Munique. Dessa forma, o jogador quer atuar ao lado do craque alemão, e o clube merengue prepara uma nova proposta pelo jovem atleta.

NÚMEROS DE HAVERTZ

Kai Havertz subiu para o profissional do Bayer Leverkusen na jornada de 2016/17, com apenas 17 anos. No entanto, o jogador passou a ter grande destaque na temporada passada, quando virou um dos principais nomes do clube. Ao todo, em quase quatro anos na equipe principal, disputou 145 jogos, marcou 44 gols e deu 31 assistências, uma média de um gol produzido a cada duas partidas. Na atual temporada, quando virou o craque do time, balançou as redes 16 vezes e deu nove passes para gol, em 40 jogos.

Desse modo, com contrato até junho de 2022, ele chamou a atenção de grandes clubes europeus por sua grande versatilidade – além de um meio-campista ofensivo, também joga no ataque aberto pela direita ou de “falso 9” -, técnica e facilidade para marcar. Um dos mais interessados no seu futebol, o Chelsea, por exemplo, quer contratar Havertz para o seu projeto de reformulação da linha ofensiva do clube.

Foto destaque: Reprodução/Getty Images

Avatar
Nestor Ahrends
Estudante de jornalismo (ESPM-Rio). 19 anos. Nascido e criado em Petrópolis-RJ. Apaixonado por futebol e amante de esportes em geral.

Artigos Relacionados