Harry Maguire

Na última sexta-feira (21), um fato que ganhou destaque no mundo do futebol foi o incidente de Harry Maguire, do Manchester United, contra a polícia grega. A princípio, o jogador foi condenado a 21 meses de prisão. Todavia, o inglês afirmou que entrou com recurso junto de seus advogados, afim de provar sua inocência. Posteriormente, Maguire deu entrevista à BBC News. Nesse sentido, o zagueiro afirmou que temeu por sua vida e pensou estar sendo vítima de um sequestro. O atleta relatou que policiais à paisana pararam o micro-ônibus onde ele e seus amigos estavam, retirando e agredindo todos em seguida.

“No momento pensei que eles estavam nos sequestrando. Tivemos que nos ajoelhar e levantar as mãos, eles começaram a nos espancar. Eles me batiam nas pernas, dizendo que minha carreira havia acabado, falando que nunca mais iria jogar de novo. Me bateram muito nas pernas. Entrei em pânico. Fiquei com medo. Temi pela minha vida”, declarou Maguire.

De antemão, o zagueiro foi acusado de lesões corporais, tentativa de suborno e insultos verbais após ser detido em Mykonos, na Grécia. Todavia, Maguire garantiu que está com sua “consciência limpa”.

“Não desejo isso a ninguém. Obviamente, a situação trouxe problemas para um dos maiores clubes do mundo, então lamento ter feito a torcida e o clube sofrerem, mas não fiz nada de errado”, concluiu o jogador.

https://twitter.com/mufcbr/status/1299118746087325696?s=20

Baixa na seleção

Nesse ínterim, devido ao incidente de Harry Maguire, o treinador da seleção inglesa, Gareth Southgate, decidiu cortá-lo da convocação. O zagueiro iria defender seu país nos jogos contra a Islândia e a Dinamarca em setembro, pela Liga das Nações. Posteriormente, o atleta deu uma declaração pelas redes sociais, agradecendo o apoio dos torcedores e garantindo que está ansioso pela próxima temporada.

“Obrigado pelo apoio de todos na última semana. Estou feliz por ter dado minha opinião e compartilhar a verdadeira versão dos eventos. Ansioso para continuar com a vida agora e a temporada que se aproxima com o Manchester United e a Inglaterra“, afirmou o jogador.

Foto destaque: Divulgação/IG/Harry Maguire

Gustavo Silveira
Tenho 21 anos, estou no 6° período de jornalismo e escolhi essa área justamente por conta do esporte. Já tive a vivência nessa área em 2018, quando participei da libertadores feminina que foi sediada na minha cidade. Agi como repórter da beira do campo, participei das coletivas de imprensa, entrevistei jogadoras depois do treinamento e escrevi matérias pós jogo de todos as partidas realizadas. Meu ponto forte é a escrita e me inspiro em pessoas de nome como o Rafael Oliveira que hoje está na DAZN. Não importa o setor, afinal garanto fazer de tudo um pouco desde que seja voltado para o esporte!

Artigos Relacionados